Fórum dos Presas de Prata - Jogos On-Line

Últimos assuntos

» Capitulo 1: As Sombras de Barovia
Qui 2 Mar 2017 - 22:52 por T´ssis Tor Gak

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:49 por Haseid Dumein

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:43 por Qui gon jinn

» 4a Crônica de Skundar: O Chamado para o Heroismo
Dom 19 Fev 2017 - 20:19 por Space Master

» 1a Cronica de Qui-Gonn:
Dom 19 Fev 2017 - 20:14 por Space Master

» Delegacias de Polícia de Nova York
Qua 14 Dez 2016 - 21:19 por NPC

» Hotel Warwick
Qua 14 Dez 2016 - 21:14 por NPC

» Casa de Chá de Jade
Qua 14 Dez 2016 - 21:12 por Kumiku Hayabusa

» Cabana dos Theurge da Seita do Caern do Urso
Qui 8 Dez 2016 - 22:57 por Vento Cortante

» 1a Crônica de Anouk
Qui 3 Nov 2016 - 9:53 por Space Master

» ATIVIDADE NO NARRADOR
Ter 25 Out 2016 - 22:17 por NPC

» Urru Stoneblade - PC
Seg 26 Set 2016 - 19:20 por Urru Stoneblade

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Lobo Fenris
Qui 8 Set 2016 - 19:57 por NPC

» 3a Crônica de Dacrius: Nos limites do orgulho
Qui 8 Set 2016 - 13:02 por Space Master

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Urso
Ter 6 Set 2016 - 22:04 por NPC

» Resumo: A Saga de Urdnot Skundar
Ter 30 Ago 2016 - 19:56 por Space Master

» Dacrius Novadek - PC
Seg 29 Ago 2016 - 18:39 por Dacrius

» Urdnot Skundar - PC
Dom 28 Ago 2016 - 0:17 por Skundar

» Resumo: A Saga do Agente Dacrius
Sab 27 Ago 2016 - 15:31 por Space Master

» Anouk - PC
Sex 26 Ago 2016 - 20:12 por Anouk

» Qui-Gon Jinn - PC
Qui 25 Ago 2016 - 16:18 por Qui gon jinn

» Tabela de Gastos de XP
Ter 23 Ago 2016 - 19:01 por Space Master

» Modelo de Ficha e Criação de Personagem
Ter 23 Ago 2016 - 19:00 por Space Master

» Arsenal: Armas e Equipamentos
Ter 23 Ago 2016 - 18:33 por Space Master

» Fatos Históricos.
Ter 23 Ago 2016 - 18:13 por Space Master

» Qualidades Novas
Ter 23 Ago 2016 - 17:40 por Space Master

» Raças Jogáveis
Ter 23 Ago 2016 - 17:35 por Space Master

» Organizações de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 17:01 por Space Master

» Lugares de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 16:58 por Space Master

» Reino Fluxo
Ter 23 Ago 2016 - 14:54 por NPC

» Caern do Central Parque - Seita Verde
Qui 18 Ago 2016 - 7:44 por NPC

» Verrikan Investigations
Ter 16 Ago 2016 - 10:15 por NPC

» Floresta de Pinheiros - Centro - Caern do Lobo Fenris
Ter 5 Jul 2016 - 23:08 por NPC

» Colmeia da Wyrm
Sex 24 Jun 2016 - 20:26 por NPC

» Central Park
Qua 18 Maio 2016 - 14:06 por NPC

» Residência de Skelter
Sex 6 Maio 2016 - 1:22 por NPC

» Chinatown de Virtual City
Sex 6 Maio 2016 - 1:15 por NPC

» Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros
Seg 18 Abr 2016 - 8:28 por NPC

» Hotel Imperial Palace - Refúgio Alexander Corvinus
Qua 13 Abr 2016 - 17:57 por NPC

» Refúgio de Miliard Von Doon
Qua 13 Abr 2016 - 17:56 por NPC

Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Maio 2017

DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário


1a Crônica de Anouk

Compartilhe
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Sab 27 Ago 2016 - 15:28

O mercenário drell buscava respostas sobre o misterioso atentado em Kahje, suas viagens pela galáxia o conduziram até a Citadel onde foi contatado por uma asari chamada Gareena.
Gareena parecia desesperada, desesperada o bastante para oferecer um adiantamento de 3000 créditos, não havia mentira em seu tom ou em sua expressão, apenas uma mãe em prantos.
A filha de Gareena, uma jovem arqueóloga asari chamada Marni participava de uma escavação em um sítio arqueológico em algum lugar do planeta Tuchanka mas a três dias atrás ela, seu marido e praticamente todo o sítio sumiram.
Você nunca foi para Tuchanka mas a fama do lugar fala por si mesma, um deserto árido e radioativo, lar de todos os tipos de criaturas que pareciam vir de pesadelos.
O fato de que é o planeta natal dos krogans não é exatamente um estímulo, afinal, krogans são conhecidos como a raça mais brutal do universo.
Mas a sorte de Gareena é que Anouk não é qualquer um, o dinheiro é bom e não é todo dia que o drell viciado em adrenalina tem a oportunidade para visitar um dos planetas mais inóspitos do universo.
Os próprios krogans dizem que Tuchanka opera em uma impiedosa seleção natural, ela pune os vagarosos, atormenta os fracos e aniquila os estúpidos.
O mercenário consegue uma carona em um vôo de trocas de um volus mercador chamado Doran que realmente não se importou em ter uma mão armada a mais na nave além de seus dois guarda costas krogan.
Assim que a nave aterrissa no território do clã Urdnot, Anouk sente o ar quente de Tuchanka, o clima é árido e quente lembrando muito o planeta natal dos Drell exceto pela parte de que todos os sensores da sua armadura acusam radiação no ar, não o suficiente para ser letal mas a longo prazo respirar este ar poderia ser fatal para espécies não acostumadas ao clima.
A mãe asari deu a você uma foto da filha e as coordenadas da última localização conhecida.

Asari desaparecida:

Os krogans locais provaram-se na melhor das hipoteses completamente apáticos a sua situação, o único que sequer falou com você foi um dos patrulheiros que sequer se incomodou em se apresentar que só lhe disse que além das fronteiras do território do clã qualquer coisa poderia acontecer. Matilhas de Varrens selvagens, krogans rivais que não são particularmente fãs de aliens, klixens e na pior das hipóteses, Thresher Maws, o pior terror de Tuchanka.

Ruinas de Tuchanka:

Com isto em mente você seguiu deserto adentro, estranhamente nada aconteceu no caminho e a fonte das coordenadas revela-se como os restos do que parece ter sido um complexo na época pré guerra nuclear de Tuchanka.
Você vê várias caixas vazias de suprimentos e computadores abandonados que no momento parecem intactos e ligados, não há nenhum sinal de vida por perto.
As edificações locais que mais chamam sua atenção são a entrada ao leste que parece descer para o subterrâneo, uma cabana artificial que parece ser o lugar onde os arqueólogos dormiam mas sua porta eletrônica está trancada e por fim o caminho reto logo a frente que segue para as entranhas das ruínas...

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Sab 27 Ago 2016 - 21:25

* Anouk passou toda a viagem calado apenas imerso em seus pensamentos, ele precisava resolver aquele mistério que se estava causando a inquietação em seu Planeta não o original mais aquele paraíso azul que el havia crescido , quem estava por de trás de todos aqueles atentando?*

*Anouk pega a foto A sari por hora ele precisava se concentrar em achar A sari desaparecida ganhar o restante dos créditos que ele ia receber e bem......no caminho aliviar a tensão eliminando quem se entromete-se, Anouk abre um sorriso*


"Onde vc esta A sari minha queria onde vc esta?"

* Anouk ao chegar no acampamento depois de passar pelo deserto e por um patrulheiro pouco amigável não fico ofendido, era melhor mesmo, Poucas palavras e muita ação era isso que esse Drell gostava*

*Anouk avalia primeiro o lugar onde passaram a noite ou dias? antes de sumirem e repara que a caixa de suprimento estavam vazia e os computadores ligados o Drell coça o queixo fino*


" bem sem suprimento eles não foram longe com os Computadores ligados ainda eles sumiram faz pouco tempo ou apenas fugiram com muita pressão "

* Anouk primeiro verifica se a qualquer coisa relevante nos computadores, ele tinha certo conhecimento básico sobre ele, e depois com sua Pistola Leve em mão ele segue para baixo o único lugar provável, só que com toda a cautela e cuidado em cada passo*




-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Ter 30 Ago 2016 - 19:41

No computador você encontra um audio log de um cientista conhecido como Lantar, pelo efeito de eco na voz você deduz que provavelmente é um turian, em sua maioria ele fala em termos científicos difíceis de entender e majoritariamente sobre a escavação.

Você entende que a escavação tinha o objetivo de traçar a história krogan pré guerra nuclear, uma vez que os próprios krogans não estão exatamente preocupados em manter registros, mas um registro em especial chamou sua atenção.

“Sempre me senti seguro, mesmo tão longe de casa. Os guardas que contratamos dos Blue Suns com certeza valem o preço apesar de carecerem em boas maneiras. Mas hoje senti um medo genuíno quando vi a distância um Thresher Maw passando por baixo da areia, deixando um rastro grande em seu caminho. Tudo que pude pensar é ”Espíritos! Se aquela coisa resolvesse passar aqui estariamos mortos com certeza” mas logo depois apareceu um krogan acompanhado de dois varrens fazendo ameaças dizendo que se sabiamos o que era bom para nós deviamos sair, achei que era do clã Urdnot aqui perto mas a armadura é diferente, os guardas me garantiram que ele não incomodaria mais mas...eu não sei..”

Seguindo para o subterrâneo você consegue observar várias coisas que chamam atenção, a começar pelas pegadas salarians, turians e asari nos degraus, a areia neles deixou as marcas óbvias.

Nas paredes você consegue ver um pedaço de unha que parece ser turian, como se alguém fosse arrastado a força para baixo.

Você segue com a arma na mão a passos vagarosos e cautelosos, quanto mais você desce mais escuro fica de modo que você acaba obrigado a ativar a lanterna da omni tool para enxergar alguma coisa.

A parede está cheia de gravuras na língua nativa krogan que você não consegue discernir, logo a frente você avista uma entrada e tem a impressão de ouvir alguma coisa, um som de alguma coisa comendo e um cheiro familiar de sangue no ar...

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Ter 30 Ago 2016 - 22:03

"Interessante parece que havia mais detalhes sobre essa missão do que eu imaginava Thresher Maw ...Blue Suns outros clãs por essa região??? Interessante"

* Ao descer Anouk percebe que o subterrâneo na verdade os degraus que levavam ate la embaixo tinham varias pegadas de 3 tipos diferentes de humanoides, os indicios mostravam que alguem fora levado a força........ou seja deveria haver uma festa lá embaixo??, Obvio, descendo com cada vez mais cuidado o drell então sente o cheiro de sangue e depois ouve o barulho de alguma sendo mastigado?, antes de mais nada o Drell rapidamente levanta sua pistola leve a altura dos olhos e com o dedo no gatilho ele começa a ir na direção da entrada com a luz de seu omni até ver alguma coisa que parecia estar se alimentando*



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Qua 31 Ago 2016 - 18:50

Você joga a luz para a direção do barulho e vê um Varren devorando o que antes foi um salarian. Você já ouviu falar de varrens antes, criaturas nativas de Tuchanka que operam como predadores de alcateia, a maioria é selvagem mas algumas pessoas doidas o bastante na galáxia tem varrens como animais de estimação ou no caso de krogans, feras de guerra.

Este olha na sua direção e corre para os fundos da ruína para outro aposento...

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Qua 31 Ago 2016 - 19:26

*Com o coração batendo forte de emoção Anouk corre na direção do corpo primeiramente verificando se havia a possibilidade de ela ser a sari que ele procurava .......se não for ou mesmo se for anouk queria saber aonde aquela criatura foi.........ele queria a cabeça da quele mostro para levar para a família, e com um sorriso no rosto ele começa a seguir os rastros da criatura, não antes de um pensamento vir em sua cabeça*

" onde foi que eu ouvi que essas criaturas poderia ser domesticadas.......... não so um lunático tentaria isso, bem de qualquer maneira não vou perde a viagem, ela esta morta



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Seg 5 Set 2016 - 18:48

*O corpo é de um salarian, a asari que Anouk procura, caso esteja viva, estaria em outro lugar. O varren fujão parece ter ido para uma entrada do outro lado da sala, ao se aproximar você escuta dois pares de passos pesados se aproximando e alguém conversando.

- Foi só algum pyjak andando por aí.

- O faro de um varren não mente! Ele não avisaria se não tivesse coisa aqui.


Uma olhada com o rabo do olho permite identificar dois krogans, parecem bem armados e bem armadurados chegando...

- Cala a boca e fica atento!

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Ter 6 Set 2016 - 17:58

*Anouk pensa rapido ele precisava pensar rapido, então nada melhor do que sumir e analisar os alvos............Anouk desliga a luz da lanterna da omni tool, ativo sua camuflagem e se tornar invisivel para poder analisar melhor esses krogans melhor e com muita cautela anouk se se movimenta para não esbarrar neles caso eles continuem passando ou seguindo outro caminho*



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Qui 8 Set 2016 - 13:08

*Você consegue pegar cobertura encoberto pelo escuro, você sabe que sua camuflagem dura apenas alguns segundos e que teria pouco tempo para encontrar um lugar melhor antes da camuflagem se esvair.

Outra coisa que passa pela sua cabeça é que a camuflagem não esconde cheiros e dá para ver claramente que o varren fareja o chão em busca do seu rastro. Ao analisar os dois krogans dá para perceber que ambos estão trajando armaduras pesadas e carregando escopetas que seriam nada menos que letais a curta distância, isto sem falar na vantagem de força bruta que os krogans tem.

Os dois se dirigem até a escada por onde você desceu e reparam as pegadas na areia por onde você pisou.

- Filho de uma vorcha! Um deles fugiu? Será que foi a asari?

- É claro que não retardado! As pegadas tão entrando não saindo, temos um jogador novo… *Diz o outro destravando a escopeta.


Você vê o caminho por onde eles vieram livre para o próximo aposento, mas seria necessário velocidade, discrição e um pouco de sorte…

OFF: Rola Destreza + Furtividade lá no tópico das rolagens

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Qui 8 Set 2016 - 17:10

*Anouk perceber que com aquelas armas e armaduras ele não poderia vencer, não a curta distancia , aproveitando que o caminho estava livre para o comodo onde a dupla havia saido, anouk se esquiva até essa sala tentando manter o minimo barulho e a máxima velocidade para poder passar despercebido *



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Qua 14 Set 2016 - 0:23



*Você se desloca para a próxima sala, tomando máximo cuidado para não tropeçar nas mesas e caixas deixadas pelos arqueólogos, na próxima sala você percebe um corredor em forma triangular, aparentemente sem portas mas você supõe que pela idade daquelas ruínas, as portas podem não ser eletrônicas ou aparentes.

O varren fareja o ar e se dirige para uma das caixas soltando um rosnado de frustração, os dois krogans dão de ombros e começam a voltar de onde vieram, ou seja, para onde você está...

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Sab 17 Set 2016 - 23:59

*Anouk percebe que talvez esteja em um lugar sem saída?, impossível..........o que aqueles 2 estariam fazendo ali se não houve-se outra saída......Com cautela para não fazer barulho Anouk vai para o ponto de triangular para ver se existe algum portal ou passagem para outra saída, a todo momento anouk tenta analisar para ver se existe alguma coisa relevante na sala*



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Seg 19 Set 2016 - 14:15

Você começa a fuçar rapidamente pelo lugar enquanto os passos pesados dos krogans ficam cada vez mais altos, logo você consegue ver uma parte diferente na parede que parece estar um pouco mais destacada, ao pressiona-la, uma porta se abre revelando um aposento imenso com três imensas estátuas de krogans a frente de um corredor por onde a luz do sol parece conseguir entrar pelo teto.

No chão você consegue ver pegadas que pelo formato parecem pertencer ou a uma humana ou uma asari, elas seguem em frente. Ao lado de uma das estátuas krogan você consegue ver um chip compatível com os modelos mais recentes de omni tool evidenciando que provavelmente pertencem a alguém que passou por lá muito recentemente.

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Seg 19 Set 2016 - 18:29

*Anouk rapidamente entra no aposento, ele sabia que teria que cuidar dos 2 grandões e do mostro farejador, mais por hora um combate so seria vantagem para eles,Anouk então corre ate o chip, pegando ele, ele introduz em seu omni tool enquanto continua seguindo as pegadas com velocidade...........ele precisava achar aquela a sair, com cuidado e em silencio anouk tenta manter distancias da dupla*



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Qua 21 Set 2016 - 16:03

*Assim que você coloca para tocar os conteúdos do chip na omni tool, uma holo mensagem aparece com a asari que bate a descrição daquela que você procura.

Asari: - Quem quer que veja isto! Mandem ajuda! Meu nome é Marni! Eu sou uma das arqueólogas aqui. *Ela olha para trás assustada, parecendo que ouviu algo, ou que achou que ouviu. - Escuta! Tem um bando de krogans loucos aqui! Eles tomam um tipo de droga que faz eles ficarem ferais! Ainda mais fortes! Eu não sei o que é...por favor! Se tiver alguém aí… *Ela começa a chorar de medo, logo depois uma imagem distorcida dela correndo de algo encerra a mensagem.

*A mensagem no ar acaba fazendo um barulho, você escuta os passos pesados dos krogans logo atrás se aproximando. A saída que segue mais adentro está logo a frente, mas existem as estátuas para se esconder…


OFF: Manda um teste de Destreza + Furtividade + 2 (escuridão)

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Qui 29 Set 2016 - 20:52

*Anouk estava com o coração batendo forte.............aquela era a asari que ele estava procurando................e pelo jeito ele haviam encontrados aqueles krogans..............Mais ao ouvir os passos , o coração de anouk gela..........ele poderia matar aqueles 2...........mais estariam eles sozinhos?... e onde estavam essa asari?..........Próxima certeza...........mais e agora?*

*Anouk coça a cabeça..............Retirada estratégica............com um sorriso no rosto e com o pensamento concentrado em cada passo, anouk começa acorrer na direção da saida ao m esmo tempo que ativa seu omni tool para ativar sua camuflagem, ele sabia que isso ia ajudar pouco com o faro da quela coisa.................Mais cada vantagem era uma vantagem *



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Ter 4 Out 2016 - 19:04

Você tenta se mover furtivamente, mas desta vez sem a escuridão a seu favor e o fato de que sua camuflagem não dura muito somado ainda por cima ao faro dos varrens entrega sua posição, o varren começa a rosnar na sua direção e os dois krogans apontam as armas para você.

- Que po...parado aí Drell!

A porta está a seu lado e você percebe que o vão entre ela e a parede dá uma cobertura decente….

avatar
Anouk
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 26/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Anouk em Sab 8 Out 2016 - 21:37

* Anouk pensa.............*****..antes que qualquer coisa acontece anouk corre para o vão entre a parede e a porta usando como cobertura tira sua pistola e se prepara para o confronto*



-Eu amo esse sensação..........de matar alguém e ser feliz com isso
Ficha

-falas
"pensamentos"
*Ações
avatar
Space Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/08/2016

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Space Master em Qui 3 Nov 2016 - 9:53

*Anouk pega uma cobertura decente para se proteger (eles tem -3 dados para acerta-lo enquanto estiver atrás da cobertura mas caso resolva atirar da cobertura também terá -3 dados), os krogans disparam duas rajadas contra você mas acabam acertando a parede fazendo pedaços de poeira voar pelo ar.

OFF: Se for atirar de volta tire -3 da cobertura e -2 da armadura deles


Conteúdo patrocinado

Re: 1a Crônica de Anouk

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sab 27 Maio 2017 - 22:09