Fórum dos Presas de Prata - Jogos On-Line

Últimos assuntos

» Capitulo 1: As Sombras de Barovia
Qui 2 Mar 2017 - 22:52 por T´ssis Tor Gak

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:49 por Haseid Dumein

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:43 por Qui gon jinn

» 4a Crônica de Skundar: O Chamado para o Heroismo
Dom 19 Fev 2017 - 20:19 por Space Master

» 1a Cronica de Qui-Gonn:
Dom 19 Fev 2017 - 20:14 por Space Master

» Delegacias de Polícia de Nova York
Qua 14 Dez 2016 - 21:19 por NPC

» Hotel Warwick
Qua 14 Dez 2016 - 21:14 por NPC

» Casa de Chá de Jade
Qua 14 Dez 2016 - 21:12 por Kumiku Hayabusa

» Cabana dos Theurge da Seita do Caern do Urso
Qui 8 Dez 2016 - 22:57 por Vento Cortante

» 1a Crônica de Anouk
Qui 3 Nov 2016 - 9:53 por Space Master

» ATIVIDADE NO NARRADOR
Ter 25 Out 2016 - 22:17 por NPC

» Urru Stoneblade - PC
Seg 26 Set 2016 - 19:20 por Urru Stoneblade

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Lobo Fenris
Qui 8 Set 2016 - 19:57 por NPC

» 3a Crônica de Dacrius: Nos limites do orgulho
Qui 8 Set 2016 - 13:02 por Space Master

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Urso
Ter 6 Set 2016 - 22:04 por NPC

» Resumo: A Saga de Urdnot Skundar
Ter 30 Ago 2016 - 19:56 por Space Master

» Dacrius Novadek - PC
Seg 29 Ago 2016 - 18:39 por Dacrius

» Urdnot Skundar - PC
Dom 28 Ago 2016 - 0:17 por Skundar

» Resumo: A Saga do Agente Dacrius
Sab 27 Ago 2016 - 15:31 por Space Master

» Anouk - PC
Sex 26 Ago 2016 - 20:12 por Anouk

» Qui-Gon Jinn - PC
Qui 25 Ago 2016 - 16:18 por Qui gon jinn

» Tabela de Gastos de XP
Ter 23 Ago 2016 - 19:01 por Space Master

» Modelo de Ficha e Criação de Personagem
Ter 23 Ago 2016 - 19:00 por Space Master

» Arsenal: Armas e Equipamentos
Ter 23 Ago 2016 - 18:33 por Space Master

» Fatos Históricos.
Ter 23 Ago 2016 - 18:13 por Space Master

» Qualidades Novas
Ter 23 Ago 2016 - 17:40 por Space Master

» Raças Jogáveis
Ter 23 Ago 2016 - 17:35 por Space Master

» Organizações de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 17:01 por Space Master

» Lugares de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 16:58 por Space Master

» Reino Fluxo
Ter 23 Ago 2016 - 14:54 por NPC

» Caern do Central Parque - Seita Verde
Qui 18 Ago 2016 - 7:44 por NPC

» Verrikan Investigations
Ter 16 Ago 2016 - 10:15 por NPC

» Floresta de Pinheiros - Centro - Caern do Lobo Fenris
Ter 5 Jul 2016 - 23:08 por NPC

» Colmeia da Wyrm
Sex 24 Jun 2016 - 20:26 por NPC

» Central Park
Qua 18 Maio 2016 - 14:06 por NPC

» Residência de Skelter
Sex 6 Maio 2016 - 1:22 por NPC

» Chinatown de Virtual City
Sex 6 Maio 2016 - 1:15 por NPC

» Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros
Seg 18 Abr 2016 - 8:28 por NPC

» Hotel Imperial Palace - Refúgio Alexander Corvinus
Qua 13 Abr 2016 - 17:57 por NPC

» Refúgio de Miliard Von Doon
Qua 13 Abr 2016 - 17:56 por NPC

Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Julho 2017

DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário


Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Compartilhe

Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Qua 20 Abr 2016 - 18:33

Tssis e Hasseid.

*Ela desvia o olhar e após alguns segundos abre caminho.

Mulher: - Sinto muito. Os ultimos dias não foram faceis.


*Lá dentro, vocês percebem que a casa é relativamente aconchegante, a única coisa fora do comum é o comportamento da senhora de idade que estava sentada em uma cadeira de balanço na frente da lareira, olhando fixamente para as chamas dançando como se estivesse hipnotizada.

Mulher: - Bem já que estão posso pegar algo para beberem?

Tul Duru.

*Você percebe pelo pouco que sabe sobre a língua comum que a capa do livro dizia “A Cortesã e o Elfo”, pela reação dela provavelmente é algo que ela não quer que seja público.

Lilian: - Aposto que o Capitão adorou vocês. Ah sim sim! O nome dela era Marian, trabalhava como faxineira da Capela. Lembro que era uma mulher bem devota, vinha aqui mas nunca bebia, vinha mais pela conversa e pela música. Mas da ultima vez que vi ela, ela tava bem...estranha. Parecia preocupada com alguma coisa mas não cheguei a perguntar nada. Até esqueceu seu lenço favorito aqui.

T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Qua 20 Abr 2016 - 21:04

T´ssis Tor Gak mantinha seus olhos fixos na senhora sentada na cadeira de balanço. Assim que a mulher abre caminho o lagarto disfarçado entra. Ao ouvir o que a mulher diz ele responde enquanto vai até a senhora sentada:

- É por isso que fomos enviados, para ajudar como pudermos.

O feiticeiro da a volta na cadeira de balanço, encarando a senhora de frente. Até este momento, era possível perceber que o lagarto parecia determinado e seguro do que estava fazendo, mas naquele momento, o olhar dele parecia perdido, como se ele realmente não soubesse o que fazer.

O lagarto já havia feito coisas piores com muitas pessoas e nunca antes havia exitado de tal maneira. A visão daquela senhora indefesa o tocou de alguma forma, e T´ssis Tor Gak passou a considerar quantas de suas ações como Tolkashar foram feitas por sua própria vontade, e quantas foram feitas sob o efeito de magias...

T´ssis Tor Gak se abaixa próximo da cadeira e pega uma das mãos da senhora entre suas duas mãos. Ele baixa um pouco a cabeça pensativo, antes de voltar a fitar a senhora com um olhar decidido e falar em um claro tom de comando:

(Sugestão)- Você é forte o suficiente superar este seu estado e responder todas as minhas perguntas.

Após alguns segundos, ele fala em um tom mais contido:

- Diga-nos tudo que você viu quando Galen desapareceu.

Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Ter 26 Abr 2016 - 1:59

*Como mestre não só das relações humanas, como também do mais fino sarcasmo, o comentário da taverneira passa batido pela cabeça dura do escama negra. Mas para sorte dela, isso também significa que o ranger acha que a mulher estava lendo sobre o cotidiano de cortesãs e elfos.*

-Ele não gostou. Na verdade, meus colegas me impediram de desafiar ele. Você não conhece seu capitão tão bem como acha.

...

-Você disse lenço? Eu não me interesso com o que ela estava preocupada, mas o lenço é útil. Principalmente se estiver suado, ou com sangue. Pode me dar?

Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Ter 26 Abr 2016 - 14:22

*Vendo que meu companheiro repti... Quer dizer o seu enviado sei lá de onde toma a frente questionando a senhora, eu me escoro perto da lareira e começo a dedilhar uma música de fundo apropriada ao momento.*

Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Qui 28 Abr 2016 - 21:55

Tssis e Hasseid.

Tssis'tor'Gak se aproxima da idosa, suas palavras potencializadas pela Sugestão acertam a mente da humana catatônica como uma maça.
Após alguns segundos de silêncio, ela aperta sua mão levemente e começa a falar.

- Saíamos da casa da Isciira. Era noite…

A jovem que atendeu vocês leva as duas mãos ao rosto, surpresa e emocionada pela idosa finalmente reagir a algo.

- Andávamos o caminho para cá quando…

Seus olhos se arregalam, você vê uma gota de suor descendo em seu pescoço.

- Olhos vermelhos...dentes afiados e garras enormes levaram o Galen para o escuro, para além dos becos no caminho daqui, não consegui ver o que era mas não era humano...não tinha como ser…

Quando ela para de falar um pouco, a música de Hasseid atrai o olhar da idosa.

- Sangue….e álcool...aquilo fedia a sangue e álcool…

Tul Duru.

Apesar de seus...conhecimentos sobre literatura humana não identificarem nada sobre o livro, seu focinho aguçado com certeza captou um cheiro neste lenço, um cheiro bem singular.

Lilian: - Bem...ela passava um perfume no pescoço e nunca via ela fora de casa sem esse lenço no pescoço então…

Xen'drick: - Isso serve. Não sou muito bom em rastrear coisas...vai na frente que te sigo.


Ela entrega o lenço, o cheiro segue para fora da taverna, na porta dos fundos…

OFF: Faça um teste de Sobrevivência para detectar a trilha.

Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Qui 28 Abr 2016 - 23:28

*Tul murmura um agradecimento desconexo para a estalajadeira, enquanto sai da taverna com o outro escama negra. Fora, passa a se concentrar no cheiro do perfume, se havia algum indício dele ali, e se já o havia sentido antes.*

T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Qua 4 Maio 2016 - 1:09

T´ssis Tor Gak continua segurando a mão da senhora, enquanto ouve o que ela tem a dizer. Normalmente, T´ssis Tor Gak não gostava de distrações quando usava seus poderes, mas a musica de Hasseid era de seu agrado: aparentemente o bardo realmente sabia o que estava fazendo e a música na verdade estava ajudando a determinação de T´ssis Tor Gak de resolver o mistério que assolava Baróvia de uma vez por todas.

O feiticeiro diz:

- Qual beco isso aconteceu? Tem algum ponto próximo que nos ajude a encontrar? Você tem alguma noção de para onde essa coisa foi? Quem é Isciira e onde ela mora?

Em seguida, o feiticeiro olha para Hasseid:

- Algo que queira perguntar?

Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Qui 5 Maio 2016 - 8:28

-Não, continue. Se a senhora disser o local, vamos lá verificar e ver se achamos algo que possa ajudar. Você está fazendo as perguntas certas!

Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Qui 5 Maio 2016 - 17:30

Tul Duru.

Lilian: - Err...obrigado por virem… esquisitos… Murmur*

Você sai da taverna se concentrando no cheiro, recombrando seu treinamento na tribo, o cheiro formava uma trilha pela cidade levando-o a parte mais funda, perto da loja de alquimia, na esquina cruzando a loja de alquimia você avista uma casa grande aparentemente abandonada a anos, mas é a porta de madeira dupla no chao atrás da casa, onde seria o porão que chama atenção.

O cheiro vem de lá, a porta parece destrancada e você consegue ouvir muito baixo vozes abafadas que você não consegue distinguir.

Além da porta você encontra um porão bem incomum, um balcão de bebidas bem cuidado com várias garrafas com bebidas que você não conhece direito, vários sofas vermelhos com cheiros bem...desagradaveis e mais importante, várias mulheres humanas em roupas extremamente inapropriadas olham para os dois escamas negras com medo no olhar.

Da porta atrás destas uma mulher morena de roupas mais comuns portando um mosquete sai mantendo vocês na mira.

Mulher: - Ok feiosos! Vocês tem dois segundos pra falar o que caralhos fazem no MEU estabelecimento?

Tssis'tor Gak e Hasseid.

A velha parece pensar alguns longos minutos antes de falar.

- Eu tava brava com ele...ele tava na casa perto da loja de alquimia...eu sabia que ele tava lá mas não disse...eu não disse…


A jovem fita vocês com um olhar de surpresa.

- A casa perto da loja de alquimia? Será que é...aquele lugar? Dizem que tem um porão abandonado perto da loja de alquimia onde coisas...erradas acontecem, as pessoas batizaram o lugar de “Destruidora de Familias” ou algo assim.
avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Qui 5 Maio 2016 - 18:19

*A loja de produtos alquímicos atordoa o nariz de Tul, mas ele já estava firme o bastante no rastro do cheiro para conseguir encontrá-lo. O porão da casa abandonada tinha mais uma mistura de cheiros estranhos. Perfume, suor, um cheiro de ovos podres de que Tul não conseguia indicar a origem e outro que provavelmente indicava acasalamento entre humanos. A dona aparente do lugar começa a brandir um graveto oco na sua direção, mas o ranger não dá muita importância, e tira a insígnia de sua bolsa e dá para a mulher para que ela pare de gritar.*

-Aqui. Me disseram para dar isso para que quem fizesse perguntas.

...

-E sua lança não vai te adiantar muito sem uma ponta.
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Qui 5 Maio 2016 - 18:21

-Perto da loja de alquimia? Mas perto como? Ao lado, de frente?

*Pego pergaminho, pena e tinta, e ofereço a mulher para que ela faça um esboço.*



avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Dom 8 Maio 2016 - 0:46

Quando o a senhora comenta sobre estar brava com o marido pouco antes de sua morte, o feiticeiro considera e diz com cuidado:

- O passado não pode ser mudado. Você ainda tem uma filha que a ama e está ao seu lado. Supere isso, por sua filha, pois ela precisa de você.

Assim que Hasseid sugere que ela faça um desenho, o Iluminado solta a mão da senhora:

- Se puder fazer um mapa básico para sabermos de qual beco fala, faça.

Enquanto a idosa faz o mapa, T´ssis Tor Gak chama a filha dela de lado e fala baixo com ela:

- Sua mãe voltou a falar, mas temo que dure só por algumas horas. Ela tem que superar o que aconteceu de maneira natural, com a sua ajuda. Eu não posso fazer mais do que isso.

Ele então se vira para o bardo, voltando a falar no tom normal:

- Acredito que já tomamos muito tempo de vocês, devemos partir. - ele termina sinalizando para Hasseid que os dois deveriam sair.

Caso Hasseid não tenha mais nada para fazer ali ou as duas mulheres não tenham mais nada a dizer, T´ssis Tor Gak se prepara para partir.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Dom 8 Maio 2016 - 9:43

Tul Duru.

Você consegue ouvir um “click” da arma quando ela mexe um tipo de alavanca no cano da “lança”, assim que você mostra a insígnia ela abaixa a arma mas ainda parece de guarda erguida.

- Você tá com a milícia? O Prefeito deve tá bem desesperado pra pegar aventureiros. Já aviso minhas garotas provavelmente não fazem serviços pra...err...espécies exóticas, então se vieram aqui pra isso...

Xen'drick cruza os braços nada feliz com o comentário.

Xen'drick: - Prefiro beber um copo de ácido depois de mastigar uma lâmina.

- Não precisa ser grosso...então o que querem?

Tssis e Hasseid

- Uma hora...mas do que você tá…?

*Sua pergunta acaba interrompida pelo questionamento do bardo, a jovem faz um esboço tosco de onde fica a casa, do outro lado da rua de frente com a loja de alquimia..

- Hmm...É difícil não notar a loja de alquimia, é um lugar bem...chamativo. Na frente dela tem uma casa abandonada, não sei muito bem o que acontece por lá mas acho que podem achar algo lá.

A idosa desenha de modo bem trêmulo a localização aparente do beco, bem próximo a casa a qual a jovem se refere, praticamente ao lado.



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Ter 10 Maio 2016 - 15:06

*Outra farejada no ambiente confirma as suspeitas de Tul.*

-O prefeito disse algo sobre desespero. E... não, eu não quero seu serviço. Não.

*Pega o lenço*

-Eu quero saber sobre a dona disso.
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Qua 11 Maio 2016 - 21:47

*Pego o mapa improvisado e o guardo.*

-Obrigado pela atenção e desculpe perturbar a paz de sua casa. Ajudaram muito.

*Olho para o meu companheiro e faço sinal para irmos.*



avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Sex 13 Maio 2016 - 1:26

T´ssis Tor Gak se despede com um pequeno aceno de cabeça e então parte com Hasseid para o local indicado no mapa que a senhora fez.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Dom 15 Maio 2016 - 20:50

Tssis e Hasseid.

*Vocês se despedem das duas e rumam para o beco, a vizinhança parece tranquila como todo o resto da cidade, o beco em si não parecia exatamente incomum a olhos normais, apenas mais um lugar entre duas casas de dois andares que terminava em uma parede de concreto.
Mas para os olhos de Tssis algo brilhava em uma aura escura no canto esquerdo do beco, ao aproximar-se suas memórias voltam para a época em que andava com o clã Tolkashar, você se recorda que sempre que os bruxos do clã invocavam demônios, os portais deixavam um pouco de enxofre quando se fechavam.
Hasseid por outro lado consegue notar algumas gotas de sangue do lado oposto ao enxofre, parecia fresco mas sua cor era estranha, parecia um vermelho quase negro...

Tul’Duru.

A mulher com a “lança sem ponta” faz um sinal com a cabeça para a outra mulher a seu lado ir pegar o lenço da sua mão.
Ela obedece e logo em seguida entrega o lenço para a mulher com o mosquete.

- Eu...conheço esse lenço. Uma das minhas garotas desapareceu a alguns dias, aonde achou isso? Ela dificilmente tirava esse lenço



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Dom 15 Maio 2016 - 22:30

-Encontrei algo, olhe!

*Me aproximo do sangue, me ajoelhando próximo mas sem toca-lo. *

-Posso ter bebido um pouco, mas isso aqui não parece sangue humano. Fora o fato de este sangue estar mais fresco do que eu gostaria de o encontrar.

*Assim que percebo que o sangue está fresco, eu fico em prontidão e saco minha epada, e me ponho a vasculhar o local, tentando encontrar algo a mais.*



avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Seg 16 Maio 2016 - 16:28

-Ela estava na taverna, o lugar onde se bebe cerveja. A mulher do lugar disse que ela sempre ia lá, mas da última vez estava esquisita e preocupada com alguma coisa, esqueceu o lenço lá. O cheiro do lenço me trouxe até aqui.
avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Seg 16 Maio 2016 - 21:40

Apesar dos avisos de Hasseid, T´ssis Tor Gak olhava fixamente para um ponto do beco onde aparentemente não havia nada.

- E eu achei outra coisa. - o feiticeiro diz enquanto se aproxima da energia que via.

T´ssis Tor Gak se abaixa próximo da energia, observando-a de perto, estendendo suas mãos até próximo dela como alguém que aproxima a mão de uma chaleira para sentir se está quente. O feiticeiro fecha os olhos momentaneamente, sentindo a energia e se concentrando na sensação. Em seguida, ele volta a estudá-la, relembrando seus ensinamentos enquanto ainda vivia com os Tolkashares.

Suas suspeitas são confirmadas quando ele passa uma das mãos pelo chão e ergue os dedos cobertos por um pó, o qual após uma breve análise, identifica como enxofre.

O lagarto, ainda disfarçado em sua forma humana, se levanta de repente, rapidamente olhando para cima e ao redor como se procurasse algum predador escondido.

-Temo que você esteja certo, Hasseid, esse sangue não é de um humano - o feiticeiro diz, ainda olhando para os telhados e os cantos do local enquanto limpava o enxofre na aba das roupas - As energias desse lugar... um demônio foi invocado aqui.

Caso T´ssis Tor Gak não encontre nada olhando ao redor, ele se aproxima das gotas de sangue que Hasseid encontrou e as examina também.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Sab 21 Maio 2016 - 21:41

Hasseid e Tssis.

Tssis não consegue discernir com 100% de certeza se o sangue pertence a um demônio ou não, mas a energia arcana em volta do enxofre com certeza não é deste plano, precisará de uma pesquisa maior.

Hasseid fica de prontidão, quando seu olhar passa pela parede consegue ver marcas de garras seguindo na vertical, como se algo tivesse escalado a parede e ido para o telhado…

Tul Duru.


- Todo mundo nessa cidade vai pra lá, é tipo...a única taverna nessa desculpa horrível de cidade. Mas onde estão meus modos? Meu nome é Marian. E vocês?

- Xen'drick. Agora responde a pergunta!


- Sutis como um tiro na cabeça. Agora que vocês mencionaram, as garotas aqui me disseram que ela tava meio agitada com alguma coisa, algo sobre um cliente que não deixava ela em paz. Não é algo incomum no nosso meio, algum babaca chega, tem uma noite boa e já acha que manda na mulher. Ela dizia que tinha alguém que não parava de mandar cartas pra ela, ficava seguindo ela do trabalho pra casa, disse que sempre se sentia observada no escuro. Não sei o nome, e não conheço cada maldita pessoa nesse lugar, todo mundo aqui inventa algum nome falso, sempre é um João Ninguém, um John Smith, um John Doe, mas se quiser procurar o quarto que ela...atendia. É ali…

Ela aponta para um quarto no canto do lugar, a esquerda...



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Seg 23 Maio 2016 - 20:36

T´ssis Tor Gak continua examinando o sangue pois não havia notado os arranhões na parede.

Ele se abaixa e observa o sangue de perto, então põe a língua para fora...

- Ah, pelos antigos... eu sempre esqueço que vocês humanos não sentem o gosto do ar! - ele então recolhe a língua e funga de maneira extremamente exagerada.

Ele então se levanta e se vira para Hasseid enquanto diz:

- De fato, você está certo! Isto É sangue, mas não sei dizer do que. Talvez... - ele diz, lançando novamente um olhar para a energia no outro canto do beco.

Ainda sem notar os arranhões na parede, T´ssis Tor Gak volta para o local onde o portal foi aberto, se abaixa perto dele novamente e começa a examiná-lo, passando suas mãos ao redor da energia, sentindo-a tanto quanto vendo-a.

- Sim sim... essa cor, eu me lembro...

A menos que seja interrompido por Hasseid, o Tolkashar volta a usar suas energias arcanas para examinar aquela energia, tentando descobrir mais sobre o portal.

OFF:


Só para reforçar o que foi dito no post: O T´ssis Tor Gak ficou examinando a energia porque ele não notou os arranhões. Caso o Hasseid não fale nada, ele vai continuar fuçando na energia (e ai eu rolo outro arcanismo), do contrário, ele pode decidir tomar uma ação diferente).

avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Qua 25 Maio 2016 - 19:06

*Haseid era um homem que quase sempre estava de bom humor, até mesmo diante de problemas, poucas coisas tiram seu sorriso do rosto. Quando seu companheiro esbraveja sobre humanos e o gosto do ar, Haseid não se contém e começa a rir, não demaneira histérica, mas sim de maneira baixa e contínua.*

-Ai ai meu amigo, essa eu vou contar na taverna um dia desses quando estivermos sem ter o que fazer, apenas saboreando um bom vinho e comida quente. A performance é uma arte, mas está indo pelo caminho certo.

-Preciso que redobre a atenção agora.

*Guardo a espada na bainha.*


-Tem uma pista que talvez o dono do sangue e das ranhuras na parede esteja lá cima... ou pelo menos tenha seguido por ali.

*Aponto para ele olhar na direção da parede onde os arranhões se encontram, e logo começo  escalar para subir ao telhado e examinar la em cima.


Última edição por Haseid Dumein em Qua 25 Maio 2016 - 19:27, editado 1 vez(es)



avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Qua 25 Maio 2016 - 19:20

*A cordialidade da mulher acaba surpreendendo Tul. Uma visão confortante depois de tantos olhares de estranhamento. Ele acaba falando com mais candura do que seu companheiro lagarto.*

-...

Pode me chamar de Tul. Tul Duru. Você disse cartas? Escrita em papel? As pessoas que trabalham comigo vão querer ver isso. Eu quero ver o quarto.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Sex 27 Maio 2016 - 17:06

Tssis e Hasseid.

A energia arcana apesar de familiar não consegue ser determinada por Tssis, algo que atiça a curiosidade do jovem reptiliano tanto quanto frustra seu orgulho por não saber determinar de onde esta energia veio.

Hasseid percebe que no lugar onde tem as marcas de garras existem frestas na parede da casa que podem ser usadas para escalar, mas assim que chega na metade do caminho sua mão escorrega fazendo-o cair no chão perto de Tssis.

Tul Duru.

Ela olha para os lados e vai até a escrivaninha no canto onde apanha um montinho de aproximadamente 10 cartas unidas por um elástico e entrega na mão do escama negra.

- Você não pegou isso de mim ok?

Assim que pega as cartas, ela faz um sinal para que você a siga para um quarto mais no canto onde ela destranca a porta e abre caminho para você entrar, no momento em que chega perto você sente um cheiro muito forte e nauseante de álcool, perfume barato e...fluidos cuja natureza você prefere não pensar a respeito. (Para procurar melhor por algo especifico você pode rolar Percepção, se usar o olfato rola com vantagem devido a sua qualidade racial)



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Sab 28 Maio 2016 - 17:23

-Se eu não peguei isso de você, então...

*Sacudindo a cabeça confuso, o homem-lagarto guarda as cartas na sua algibeira, para depois entregar a alguém que saiba ler. Quando entra no quarto, o cheiro de álcool e cruzo humano é impactante, mas com o lenço próximo ao rosto para se concentrar melhor, Tul começa a vasculhar o ambiente, em busca do cheiro da dona do lenço e de qualquer outra coisa incomum.*
avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Seg 30 Maio 2016 - 23:53

T´ssis Tor Gak responde a Hasseid enquanto o observa escalando a parede:

- A arte de agir como um humano é uma coisa a parte. Vocês são muito... diferentes.

Ele fica a observar enquanto Hasseid tenta escalar, de vez em quando ainda lançando um olhar para a energia mística alí, intrigado com ela ainda.

Quando Hasseid cai, o feiticeiro demonstra toda sua nobreza:

- Cuidado! Você quase me acertou! - ele diz enquanto dá um passo para o lado, erguendo um dos lados da capa até a altura do nariz, como um morcego que se protege com sua asa.

No momento seguinte, o feiticeiro parece perceber sua falta de cordialidade e então oferece uma mão para ajudar Hasseid a levantar enquanto fala mais descontraído:

- Minhas desculpas, tenho más lembranças com pessoas caindo sobre mim.

Após ajudar o bardo, T´ssis Tor Gak se volta para aquela energia e volta a estudá-la, novamente esticando suas mãos para ela como se fosse tocá-la.


OFF:


Mestre, vou pedir 10 no teste de arcanismo para identificar o que o T´ssis Tor Gak conseguir na energia. Com o bônus dele, ficará 15 ao todo.

avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Dom 5 Jun 2016 - 14:55

*Me levantando e limpando a sujeira da roupa digo*

-Obrigado pela ajuda (de forma sarcástica).

*Tentando novamente, agora prestando atenção no local onde escorreguei.*

[OFF:Rolagem Atletismo total 18]



avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Seg 6 Jun 2016 - 22:24

Tssis e Hasseid.

Ao analisar com mais calma e mais afinco, o feiticeiro reptiliano percebe que a energia com certeza é arcana, não apenas isto como faz parte de magias típicas de criaturas demoniacas ou pessoas que fazem acordos com os mesmos em troca de poder.

Tssis determina que a energia saiu de um portal que se abriu neste beco a pouco menos de um dia, o exato tempo estimado em que a vítima que foi atacada neste beco sumiu. Pelas marcas de garras nas paredes Tssis consegue supor que a criatura veio pelo portal mas não saiu por ele, continuando seu caminho no mundo físico mesmo...

Hasseid finalmente consegue alcançar o telhado da casa, lá não precisa de esforço algum para perceber as marcas de garras e pegadas de pés claramente não humanos com três dedos enormes, mas o estranho são as marcas de queimado na madeira ao redor das pegadas quase como se algo muito quente tivesse pingado próximo as pegadas.

O rastro segue até o fim do telhado e param lá, na casa paralela a esta você vê que o rastro persiste até uma janela que dá para o sotão da casa, a casa em questão parece vazia e decrépita.

Da altura em que está, você consegue avistar a distância uma carroça puxada por dois cavalos andando pela rua sendo conduzida por uma figura estranha em um robe negro com o capuz erguido e uma estranha capa vermelha atrás de si. Dá para ver dois guardas abordando a carroça mas você está longe demais para entender o que estão falando.

Tul Duru.

O cheiro estava com certeza presente, apesar da dificuldade em se concentrar em apenas um, o lenço acaba ajudando-o a manter o foco. O quarto parecia ter vários pertences da pessoa que você busca.

Dos pertences os que mais chamam sua atenção são um pequeno livro escondido embaixo da cama escrito em lingua comum, um bilhete em um pergaminho na escrivaninha e um pingente com um símbolo que você se recorda de ter visto sacerdotes humanos usando.



Xen’drick se aproxima e observa o simbolo e os outros achados.

Xen’drick: - Acho que podemos levar isso pro branquelo dar uma lida, ou talvez pedir pras humanas daqui lerem.




" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Ter 7 Jun 2016 - 21:13

*Após peceber essas informações, volto e de enclino olhando para o beco onde subi e se encontra meu companheiro*

-(Falando mais baixo) Olha só, o rastro segue até uma casa abandonada mais a frente, tem a possibilidade desse nosso "convidado" estar lá. Mas não é só isso, meu sexto-sentido-alcoviteiro-de-bardo me diz que vai ter zorra ali na frente, uma carroça com um tipinho suspeito foi parado pelos guardas. É melhor ir lá primeiro.!!!!!



avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Qui 9 Jun 2016 - 21:13

*Tul dá um grunhido mau-humorado.*

-Mais papel. Se soubesse que veria tanto papel nas terras humanas, não teria saído dos pântanos.

-Vamos levar isso para os outros dois. Sou bom em duas coisas: achar e matar. Não sou bom com...

*Faz um gesto para os livros e cartas*

-Isto.

*O escama-negra começa a sair do prédio, cumprimentando a dona com um aceno.*
avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Sex 10 Jun 2016 - 2:17

T´ssis Tor Gak olha para Hasseid quando ouve o bardo falar. O feiticeiro ainda estava abaixado, com as mãos estendidas para frente estudando o que aparentava ser o nada.

Após ouvir o que o bardo tem a dizer, T´ssis Tor Gak considera por um momento enquanto se levanta, e responde também em um tom baixo:

- Pelo que descobri um portal foi aberto qaui, e seja lá o que passou por ele, ainda está por aqui. É desaconselhável irmos atrás desse tipo de coisa sozinhos, precisamos dos Escamas Negras.  - após desviar o olha e considerar por alguns momentos, ele completa - É melhor irmos atrás da carroça mesmo, depois temos que achar o Tul Duru e o Xen'drick. Talvez possamos pedir a ajuda dos guardas também.

T´ssis Tor Gak aguarda por Hasseid para então irem averiguar o tal estranho da carroça.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Sex 10 Jun 2016 - 12:04

Hasseid e Tssis.

Após descobrir as pistas no beco os dois decidem se aproximar da carroça, mais perto vocês conseguem ver de perto que a caravana pelo design e tamanho é típica de mercadores ambulantes com um cavalo branco parado na frente dela.

O condutor é uma pessoa envolta em um robe negro, de perto vocês percebem que embaixo do capuz está uma cabeça reptiliana, mas ao contrário de Tssis e Tul Duru ela parece mais...draconica em aparência e consideravelmente envelhecida, o que vocês achavam ser uma capa vermelha são na verdade asas fechadas em torno dele como um tipo de capa de couro.

Os guardas, três deles estavam armados com lanças e escudos e trajavam uma armadura de couro típica de milicianos rasos.

Guarda: - Identifique-se criatura!

Mercador: - De novo? Já não passamos por isso na entrada da cidade? Ou será que era outro guarda? Eu nunca consigo diferenciar humanos direito é bem embaraçoso...especialmente quando acabo sem querer confundindo os gêneros, haha...bem engraçado quando eu penso a respeito.

Guarda: - Fala logo!

Mercador: - Muito bem. *Ele apanha um cajado velho a seu lado e o usa como apoio para descer da caravana, seus movimentos são bem vagarosos evidenciando que a idade está cobrando seu preço.

Mercador: - Meu nome é Merrick! Feiticeiro andarilho, rastejador de masmorras aposentado, alquimista, mercador de poções e ocasionalmente acompanhante indesejado e não raras vezes desnecessário. Prazer em conhece-los! *Ele fala em um tom casual.

Os três dão alguns passos pra trás apontando as lanças, um deles, que parece mais novo guagueja.

Guarda: - U..um feiticeiro!? Ele vai transformar a gente em sapo!

Merrick: - Hahaha...gostei de você, ótimo senso de humor. To velho demais pra fazer esse tipo de travessura, só to de passagem visitando uma velha amiga e veja bem. Se me deixarem passar sem problemas posso dar um belo desconto nas minhas poções! Tem de tudo! Poção pra curar machucados, poção pra curar doenças, inclusive aquelas coceirinhas constrangedoras e até...A FAMOSA POÇÃO DO AMOR!


Guarda: - Poção do..amor?

Merrick: - Sim! *Ele faz um gesto com a mão e de sua manga aparece um frasco com um peculiar líquido rosa. – Um gole disso e todas as criaturas do...aham...gosto carnal compatível te acharão irresistível! Aviso...isso não inclui apenas fêmeas e não sou nem um pouco responsável pelos eventuais constrangimentos!

Vocês percebem que um dos guardas está...pensativo a respeito, nesta hora percebem a aproximação de vocês.

Guarda: - Alto aí! Oh... *Ele percebe a insignia que o capitão deu a vocês. – É você...o bardo da taverna! *Ele fala em um tom mais amigavel. – Adorei o show da noite passada! *Ele fala para Hasseid.

O mercador draconiano ergue o pote fazendo sinal para vocês.

Merrick: - Promoçãaaao! Apenas 10 peças de ouro e tudo que seus corações jovens querem estarão em vossos alcances!!

Guarda: - Cala boca! O que posso fazer por vocês?

Tul Duru.

Você e Xen’drick saem da casa, não demora muito até notarem uma comoção logo a frente (vulgo a cena acima descrita) e conseguem ver Hasseid e Tssis se aproximando.


Merrick:

Carroça:



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Sex 10 Jun 2016 - 13:21

*Não esperava ser abordado pelos guardas, olho para meu companheiro e parto para a principal arma que um bardo pode dispor... IMPROVISAÇÃO !!!*

-Sim somos nós, mas mas quem está aqui para ajudar sou eu e meu amigo. (Mostrando as insígnias)Estamos por ordem do prefeito e o capitão investigando tudo de sobrenatural que era ocorrendo na cidade. E isso inclui essa...isso...esse velho, antes que ele transforme vocês em sapos. Então volrm para os seus postos e nós faremos o relatório para o capitão. E obrigadobpela crítica do show, assim que tudo isso acabar farei outro e vocês são meus convidados.

-(Falo baixo perto deles) Isso ajuda com as mulheres!!!



avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Sex 10 Jun 2016 - 18:35

*Enfim! Quando Tul vê Haseid e T'siss, percebe que seu tormento de livros, joias e humanas libertinas de roupagem escassa chegou ao fim. O homem lagarto caminha em direção ao grupo e entrega o livro, cartas e gema para o bardo.*

-Aqui. O rastro da mulher que desapareceu levou até uma cova onde humanas praticam o cruzo. Encontrei isso nas coisas dela. Eu não sei lidar com livros.

*Depois, ele se dá conta do velho reptiliano entrando na cidade.*

-Hrm.
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Sex 10 Jun 2016 - 20:39

*Nao tinha percebido a chegada de Tul, então meio que toma um susto quando tem um monte de objetos jogados em sua mão.....assim olhando para os guardas e para seu amigo Tul (estilo Deadpool)*

-Você disse "cova onde humanas praticam o cruzo"???

*Eu lbrava daquela perto da taverna, a outra na parte norte e até aquela na casa da madame Zurica que te dão banho, mas cova!?!?!!

*Ajustando meus pensamentos tinha primeiro que ver a situação do velho, depois do demônio e depois das mulheres...se bem que eu podia ir ver as mulheres enquanto eles lutam e eu aproveito elas..... não melhor não, a tentação é grande mas seria um baita sacanagem até para mim.*

-Então meus amigos, nos vemos mais tarde! (Me referindo aos guardas para tira-los logo dali)



avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Sex 10 Jun 2016 - 22:19

T´ssis Tor Gak não interrompe Hasseid enquanto este tenta convencer os guardas, tanto por achar que o bardo está fazendo um bom trabalho quanto por estar mais interessado naquele velho reptiliano. O Iluminado faz a volta nos guardas, se aproximando de Merrick enquanto o olha da ponta dos pés ao topo da cabeça com os olhos humanos arregalados.

Após alguns momentos, ele finalmente diz:

- Não quero faltar com o respeito, mas se é mesmo um feiticeiro, por que não vejo sua au...

Nesta hora Tul Duru e Xen'drick chegam, e T´ssis Tor Gak não chega a terminar a pergunta que estava para fazer. Ele olha os dois escamas negras e todas as coisas que eles praticamente despejaram nas mãos de Hasseid.

Neste momento, o Iluminado estava cheio de perguntas para Merrick, mas ele acaba é perguntando primeiro a Tul Duru:

- Pelo sangue dos antigos, o que infernos é uma "cova onde praticam o cruzo"?! E onde é isso?!
avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Sab 11 Jun 2016 - 23:06

*Tul olha confuso para os dois.*

-Ué... a toca onde humanos vão para acasalar. No meio do cheiro de suor, peixe podre e queijo, deviam agradecer por eu ter mantido o rastro.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Dom 12 Jun 2016 - 6:38

Guarda: - Tudo bem. Deixamos iss o com vocês, mas tomem cuidado...esse aí parece bem traiçoeiro.

Merrick: - Bajula mais!


O guarda solta um rosnado de frustração e faz sinal para que os outros dois o sigam para continuarem a ronda pela cidade.

Assim que Tul chega e diz sobre suas...descobertas, Merrick olha pensativo para cima.

Merrick: - Cova onde as humanas praticam o cruzo...essa é nova até pra mim. Mas o que vocês...aahhh seus safadões e nem chamaram os humanos do grupo!

Xen’drick: - Quem é esse fóssil?
*Pergunta olhando para Tssis

Merrick: - Calma aí grandão. Não precisa ficar com vergonha, vocês são jovens e curiosos, tentando expandir os horizontes...só recomendo um bom banho e talvez uma daquelas poções que eu tava falando aqui...nunca se sabe onde essas... *pigarro. – Humanas generosas andaram...mas enfim. O que posso fazer por vocês jovens cavalheiros?



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Dom 12 Jun 2016 - 14:36

-Primeiro e mais importante velho...preciso dessa sua poção do amor...Segundo, para de dizer abertamente aqui na cidade que você é um feiticeiro ou mexe com isso de alguma forma. Você estaria morto agora ou na melhor das hipóteses, no calabouço se não o tivesse ajudado.

*Olho para os lagartos*

-Convença esse velho da sua espécia a ser menos cabeça dura e cooperar, poque na próxima podemos não estar por perto.

*Agora se vê com aquele monte de coisas na mão que foi enregue por Tul, e joga tudo na mochila pensando. "Isso vai ter que ficar para depois."

-Olha só , agora que estão todos aqui, precisamos lidar com um convidado indigesto. Então muito provavelmente se ele ainda estiver onde o encontramos, haja um combate. Estejam preparados.



avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Dom 12 Jun 2016 - 15:08

T´ssis Tor Gak ouve o que Haseid diz,  então responde olhando para ele:

- Aqueles guardas não seriam perigo algum para alguem como ele.

Ele então volta a olhar para Merrick, com clara admiração:

- Perdoe as pessoas deste reino, elas não entendem a nobreza de sua linhagem. Porem, existe sabedoria nas palavras de Haseid: este reino ve magia como algo ruim. Seria melhor evitar dizer a todos sobre seus poderes.

T´ssis Tor Gak então se vira para o grupo:

- Como Hasseid disse, encontramos a criatura que tem aterrorizado Barovia. - ele completa falando mais baixo, apenas para os presentes ali ouvirem - acreditamos ser um demonio.
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Dom 12 Jun 2016 - 19:19

-Eu também acredito que aqueles dois não fariam mal ao velho, mas se isso chegar aos ouvidos do capitão isso se torna bem mais sério. E o prefeito já disse que estaria de mãos atadas caso a população se revolte.



avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Ter 14 Jun 2016 - 22:54

*Ao ouvir falar em combate, Tul relaxa seus músculos e saca seus machados da cintura. Finalmente!*

-Eu encontrei as mulheres e você o inimigo. O mundo está estranho, bardo.

...

-Mas vamos encontrar essa criatura. Estou sentindo falta de uma boa luta.

*Para Merrick*

-Se você tiver como se cuidar, ancião, então se prepare. Senão, é melhor ir embora.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Sex 17 Jun 2016 - 13:52

- É claro! Dez peças de ouro e ela é sua! *Disse ele dando o frasco com o líquido rosa para Hasseid e esticando a mão esperando o pagamento. – Ah e não se preocupa comigo...conheço o pessoal daqui, essa molecada da guarda se assusta muito fácil.

- Ah é. Vou te dar o mesmo aviso. Não sou responsável pelos constrangimentos causados pela poção! Então não reclame se uma ogra quiser seu corpo magrelo! E se perguntarem...eu tenho bem mais de onde veio e já adianto que não lido com as bebidas malucas de Argon Dray! Ultima vez que vi alguém tomando aquele maldito Fogo de Sucubus misturado com mais duas outras não terminou bem...

*Ele vira o rosto pensativo, com uma expressão de preocupação.

- As vezes...eu ainda escuto os gritos nos meus sonhos...

*A expressão de preocupação evapora instantaneamente.

- De qualquer jeito!

*Ele escuta o que Tssis fala e coça o focinho pensativo.

- Essa cidade tem um jeito em atrair visitantes indesejados. Primeiro bichos bizarros com tentáculos e mau humor, agora demônios!

*Ele vai até sua carroça e começa a fuçar em uma mochila grande, dela ele tira 3 frascos com um líquido vermelho que joga para cada um de vocês.

- Aqui. Se vão enfrentar demônios poções de cura seriam uteis, pela gentileza em me ajudar com os guardas...odiaria ter que incinerar pessoas agora, geralmente é ruim para os negocios.

*Ao ver o entusiasmo de Tul, o ancião ri.

- Gostei de você. Me lembra a mim quando tinha sua idade. Vou deixar a luta pra vocês, meu tempo de rastejar em masmorras e brigar com o submundo já passou, mas gostaria muito de compartilhar algumas bebidas na taverna e ouvir a história.

*Ele monta na carroça.

- Agora se me dão licença...


OFF: Estou adicionando 1 poção de cura no inventário de cada um de vocês. Beber em combate custa uma ação e vocês recuperam 2d4+4 de vida



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Sab 18 Jun 2016 - 22:39

T´ssis Tor Gak pega a poção que Merrick jogou para ele e a guarda em uma bolsa que levava pendurada a seu lado, debaixo de sua capa.

- Estamos agradecidos por sua generosidade. - ele diz, curvando de leve a cabeça em agradecimento.

Após as despedidas, o feiticeiro ainda disfarçado de humano se vira para seus companheiros:

- Acreditamos que o demonio entrou naquela casa - ele diz, apontando para a tal casa abandonada para qual a trilha deixada pela criatura levava - pelo telhado. Dois de nós devemos entrar pelo telhado, dois pela porta da frente, assim temos mais chances de encurralar a criatura. - ele então olha para o bardo - Hasseid, você viu o telhado, você acha que ele aguentaria um dos Escamas Negras?

Ele então olha para Xen'drick, percebendo que o amigo estava desarmado. T´ssis Tor Gak olha rapidamente ao redor, procurando algo que o Escama Negra possa usar de arma, como uma ferramenta ou algum pedaço de ferro ou madeira.

- Xen'drick, você vê algo que possa usar de arma?
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Sab 25 Jun 2016 - 19:06

*Ao receber a tal "poção do amor" já tem a imagem da elfa que deu um tapa na cara de Haseid, mas logo a cena realizada em sua cabeça da elfa desnuda deitada sobre seu corpo, é substituída pela cena de uma ogra-gorda-fedida o esmagando.*

*Haseid balança a cabeça negativamente se tremendo todo por conta dos calafrios*

-Vou tomar cuidado velho , pode ficar tranquilo.

*Após receber a poção de cura, se curva em agradecimento, e a guarda na mochila. Se volta para seu companheiro quando é indagado e fala...*

-Bom se esse for o plano, é melhor o mais leve de vocês subirem comigo, o nosso hospede inesperado, deixou uma trilha de algo corrosivo no telhado, então é melhor evitar.



avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Dom 26 Jun 2016 - 18:48

*Tul pega a poção e inclina a cabeça em agradecimento. O ancião parece interessante. Mas agora era hora da caça. Ele escuta o plano de T'siss e responde*

-Talvez você deva subir com o X'endrick, feiticeiro. Você terá distância para suas magias, e ele para se proteger. O cantor pode me ver em baixo.

-X'endrick, você pode pegar um machado meu, se quiser. Mas nós somos escamas-negras. Nunca ficamos desarmados.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Qui 7 Jul 2016 - 12:41

*Merrick retribui com um aceno de cabeça e segue seu caminho com a carroça. A casa onde Tssis e Hasseid suspeitam que o demônio esteja está logo ao lado, todos começam a apontar ideias e diante da sugestão de que Xen’drick acompanhe Tssis, ele responde.

Xen’drick: - Fica com o machado. Minhas garras são tudo que preciso.


Hasseid lembra que pelo estado do telhado, provavelmente desabaria com o peso dos escamas negras, recorda-se de que a casa tem uma entrada frontal e uma pequena porta aos fundos, fora algumas janelas com espaço suficiente para você ou Tssis passarem, mas não dá para ter muita ideia do interior por causa da escuridão lá dentro.

Xen’drick: - Se o telhado me aguentar eu não tenho problemas em ir por cima...apesar de gostar mais de estar na vanguarda.





" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Qui 7 Jul 2016 - 13:52

-Não, negativo! O telhado não aguentará o peso de vocês que são...(olho os dois de cima q baixo)... robustos. É melhor se dividir, um de vocês dois com o T'ssis aqui pela porta da frente, o outro comigo pelos fundos ok?



avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Qui 7 Jul 2016 - 23:33

Após ouvir o que Hasseid diz, T´ssis Tor Gak responde:

- Estou de acordo. Xen'drick, venha comigo. Já lutamos juntos e sabemos nos virar.

Ele então se põe a caminho da casa, mas após dar alguns passos para e diz para os colegas sem se virar.

- Estejam avisados: voltarei para minha forma real assim que entrarmos. Não me ataquem por acidente.

Caso não haja mais nada a ser discutido, T´ssis Tor Gak se põe a caminho da porta principal.
avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Qui 7 Jul 2016 - 23:44

*Vendo que X'endrick e T'siss iam para a porta da frente, Tul começa a circular a casa para a porta dos fundos, com um machado em cada mão e começando a exercitar os músculos.*

-Já conversamos demais, agora é hora de aço, garras e presas. Boa caçada.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Sex 8 Jul 2016 - 15:05

*Uma vez que todos concordam com as posições, as duas duplas seguem seus caminhos. Tssis e Xen’drick se dirigem a porta da frente onde encontram uma porta de madeira envelhecida que está trancada, pelas janelas pode-se perceber que a casa está aparentemente vazia e silenciosa apesar de iluminação precária.

Para os olhos de Tssis, é possível ver um fino traço de energia da mesma cor que o enxofre encontrado no beco em um canto da sala.

Xen’drick prontamente abre a porta com um chute que derruba ela.

Xen’drick: - Pronto...
*Diz entrando na frente.

Do lado de dentro percebe-se pela grossa camada de poeira na mobília que a casa está aparentemente vazia a muito tempo, os móveis, estranhamente, estão inteiros e impecáveis exceto pela poeira.

*Dos fundos, Hasseid e Tul Duru encontram a porta dos fundos também trancada, o olfato sensível de Tul detecta um cheiro peculiar que vem do andar de cima. No segundo andar há uma janela aberta cujas cortinas empoeiradas e envelhecidas balançam com o vento.
O cheiro parece uma estranha mistura de enxofre, queimado e sangue.




" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Dom 10 Jul 2016 - 7:38

*Percebe a porta fechada, faz uma cara de "putz", pensando "nada de efeito surpresa". Olha para o seu companheiro e fala...*

-Vamos lá grandão, me ajuda a abrir essa porta.

*E logo me posiciono como se fosse ajuda-los nessa tarefa mas nada faço além de ficar fitando a janela do segundo andar caso a "coisa" tente escapar por causa do barulho.*



avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Dom 10 Jul 2016 - 21:13

- Sutil...

T´ssis Tor Gak entra alguns momentos depois de Xen'drick. Após entrar, ele observa rapidamente o lugar, então se afasta um pouco da porta para ficar longe dos olhos de qualquer transeunte na rua.

T´ssis Tor Gak fecha sua capa ao redor de seu corpo, e cobre sua cabeça com seu capuz, seu corpo ficando totalmente escondido da visão de Xen'drick. No momento seguinte, a capa do feiticeiro começa a mudar de cor até seu típico tom vermelho vivo. Quando T´ssis Tor Gak tira seu capuz novamente, ele está de volta a sua forma verdadeira.

T´ssis Tor Gak:

Em seguida, de dentro da capa, T´ssis Tor Gak puxa seu cajado.

Após o término de sua transformação, T´ssis Tor Gak diz a Xen'drick em uma voz baixa.

- Vamos naquela direção, estou vendo algo. - ele aponta para onde pode ver o traço de energia mágica.

T´ssis Tor Gak deixa que Xen'drick vá na frente, e segue o amigo até se aproximar mais para examinar aquele traço de energia.

OFF:


Vou rolar um Investigação para o T´ssis Tor Gak examinar a sala, sobretudo o local do traço de energia.

avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Ter 12 Jul 2016 - 20:39

*X'endrick chuta a porta, mas Tul permanece em silêncio. Ainda era, apesar de tudo, um espreitador. Vendo que a porta dos fundos também está trancada, ele olha para o bardo em silêncio. Apontando para o próprio nariz, em seguida ele aponta para o segundo andar, e a janela, enquanto começa a subir a parede em sua direção.
avatar
Dungeon Master
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/08/2015
Localização : Nos piores pesadelos dos jogadores...

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Dungeon Master em Seg 18 Jul 2016 - 10:41

Tssis tor Gak

Tssis retorna a sua aparência “comum”, os dois reptilianos adentram a sala pela porta da frente, seus passos rangem em cima da madeira velha e Tssis investiga o traço de energia.

Com certeza você conclui que é o mesmo que encontrou no beco, você recorda o que aprendeu no seu clã, que demônios, diabos e quaisquer outros infernais podem ser invocados e presos ao mundo terreno com rituais e que quanto mais poderoso o demônio mais complexo o ritual.

Xen’drick: - Você vai ficar aí olhando pra poeira o dia todo?

Hasseid e Tul.

Tul Duru começa a subir as paredes, aproveitando-se das frestas na madeira e de suas garras para conseguir melhor estabilidade, chegando facilmente até a janela no segundo andar.

Lá dentro, o cheiro parece bem mais forte, você percebe estar em uma espécie de quarto onde a mobília foi propositalmente colocada de lado para dar lugar a um estranho simbolo.



O cheiro parece bem forte neste desenho, mas você consegue senti-lo em outros lugares da casa.
Hasseid ainda está diante da porta dos fundos trancada, e pelo barulho consegue deduzir que Tssis e Xen’drick entraram pela porta da frente de um jeito bem menos educado.



" - ROLL FOR INITIATIVE BITCHES!"
avatar
Haseid Dumein
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 85
Data de inscrição : 01/01/2016

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Haseid Dumein em Seg 18 Jul 2016 - 16:15

*"Haseid estava nervoso, etava atrás de algo desconhecido mas que com certeza iria pular em seu pescoço na primeira oportunidade. Queria muito cantar, tinha esse costume quando ficava nervoso, mas como não sabia com o que estava lidando, era melhor ficar quieto e se contentar em passar a música em sua mente. Estava decidido, quando essa porcaria toda acabar, vai fazer o prefeito bancar uma festa e esse dia ser decretado feriado".*

*Entre seus devaneios, Haseid desembanha a espada longa , se mantendo em prontidão. Obsevando tudo a cada paço dado naquele recinto, sobre o círculo, perguntaria melhor ao T'ssis o que fazer com aquilo. É vai adentrando e seguindo para o próximo cômodo .



avatar
T´ssis Tor Gak
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/08/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por T´ssis Tor Gak em Ter 19 Jul 2016 - 1:22

Novamente em sua forma real, T´ssis Tor Gak volta a cheirar o ar utilizando sua língua, como uma serpente. Ele analisa aquele pó que havia encontrado com devoção, quase como se a ameaça do local tivesse desaparecido de sua mente.

Até que Xen'drick o trás de volta a realidade. Ele então fala com o amigo, controlando o tom de voz para pouco mais que um sussurro.

- Pó? Ah... é verdade. Você não pode ver o que eu vejo...

O feiticeiro passa um de seus dedos no pó, examinando-o mais de perto por um momento, antes de subtamente se virar para Xen'drick, aproximando rapidamente seu dedo coberto de pó do focinho do Escama Negra, e volta a falar em seu tom sussurrado.

- Mas sinta! Tem cheiro de amarelo!

Após alguns segundos, o Iluminado começa a limpar o dedo na própria capa enquanto completa:

- Falando em cheiros, nosso inimigo deve cheirar a sangue e enxofre. Você consegue sentir algum cheiro?

Enquanto Xen'drick procura o cheiro, T´ssis Tor Gak saca sua adaga.

OFF:


Eu não me lembro se sacar uma arma contaria como ação fora de combate, ou se está contando como ação nessa situação. Se estiver, desconsiderem o que vou escrever abaixo.


Com o cajado em uma mão e a adaga na outra, o feiticeiro recita de maneira velada as palavras mágicas, conjurando "Luz" sobre sua adaga para transformá-la em um ponto de luz capaz de iluminar a sala toda.
avatar
Tul Duru
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/10/2015

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Tul Duru em Dom 24 Jul 2016 - 20:38

*Bruxaria, demônios e livros. O dia não estava bom. Mas até criaturas como demônios tinham que seguir as leis mais básicas da natureza. Se o cheiro estava mais forte naquele círculo, era onde Tul conseguiria farejar melhor a criatura. O ranger vai até o círculo para buscar um rastro do cheiro forte que permeava o lugar.*

Conteúdo patrocinado

Re: Capitulo 1: As Sombras de Barovia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Dom 23 Jul 2017 - 3:53