Fórum dos Presas de Prata - Jogos On-Line

Últimos assuntos

» Capitulo 1: As Sombras de Barovia
Qui 2 Mar 2017 - 22:52 por T´ssis Tor Gak

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:49 por Haseid Dumein

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:43 por Qui gon jinn

» 4a Crônica de Skundar: O Chamado para o Heroismo
Dom 19 Fev 2017 - 20:19 por Space Master

» 1a Cronica de Qui-Gonn:
Dom 19 Fev 2017 - 20:14 por Space Master

» Delegacias de Polícia de Nova York
Qua 14 Dez 2016 - 21:19 por NPC

» Hotel Warwick
Qua 14 Dez 2016 - 21:14 por NPC

» Casa de Chá de Jade
Qua 14 Dez 2016 - 21:12 por Kumiku Hayabusa

» Cabana dos Theurge da Seita do Caern do Urso
Qui 8 Dez 2016 - 22:57 por Vento Cortante

» 1a Crônica de Anouk
Qui 3 Nov 2016 - 9:53 por Space Master

» ATIVIDADE NO NARRADOR
Ter 25 Out 2016 - 22:17 por NPC

» Urru Stoneblade - PC
Seg 26 Set 2016 - 19:20 por Urru Stoneblade

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Lobo Fenris
Qui 8 Set 2016 - 19:57 por NPC

» 3a Crônica de Dacrius: Nos limites do orgulho
Qui 8 Set 2016 - 13:02 por Space Master

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Urso
Ter 6 Set 2016 - 22:04 por NPC

» Resumo: A Saga de Urdnot Skundar
Ter 30 Ago 2016 - 19:56 por Space Master

» Dacrius Novadek - PC
Seg 29 Ago 2016 - 18:39 por Dacrius

» Urdnot Skundar - PC
Dom 28 Ago 2016 - 0:17 por Skundar

» Resumo: A Saga do Agente Dacrius
Sab 27 Ago 2016 - 15:31 por Space Master

» Anouk - PC
Sex 26 Ago 2016 - 20:12 por Anouk

» Qui-Gon Jinn - PC
Qui 25 Ago 2016 - 16:18 por Qui gon jinn

» Tabela de Gastos de XP
Ter 23 Ago 2016 - 19:01 por Space Master

» Modelo de Ficha e Criação de Personagem
Ter 23 Ago 2016 - 19:00 por Space Master

» Arsenal: Armas e Equipamentos
Ter 23 Ago 2016 - 18:33 por Space Master

» Fatos Históricos.
Ter 23 Ago 2016 - 18:13 por Space Master

» Qualidades Novas
Ter 23 Ago 2016 - 17:40 por Space Master

» Raças Jogáveis
Ter 23 Ago 2016 - 17:35 por Space Master

» Organizações de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 17:01 por Space Master

» Lugares de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 16:58 por Space Master

» Reino Fluxo
Ter 23 Ago 2016 - 14:54 por NPC

» Caern do Central Parque - Seita Verde
Qui 18 Ago 2016 - 7:44 por NPC

» Verrikan Investigations
Ter 16 Ago 2016 - 10:15 por NPC

» Floresta de Pinheiros - Centro - Caern do Lobo Fenris
Ter 5 Jul 2016 - 23:08 por NPC

» Colmeia da Wyrm
Sex 24 Jun 2016 - 20:26 por NPC

» Central Park
Qua 18 Maio 2016 - 14:06 por NPC

» Residência de Skelter
Sex 6 Maio 2016 - 1:22 por NPC

» Chinatown de Virtual City
Sex 6 Maio 2016 - 1:15 por NPC

» Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros
Seg 18 Abr 2016 - 8:28 por NPC

» Hotel Imperial Palace - Refúgio Alexander Corvinus
Qua 13 Abr 2016 - 17:57 por NPC

» Refúgio de Miliard Von Doon
Qua 13 Abr 2016 - 17:56 por NPC

Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Novembro 2017

DomSegTerQuaQuiSexSab
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário


Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Compartilhe
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Wild Master em Ter 21 Abr 2015 - 2:01

“Ó, maravilha! 
Que adoráveis criaturas aqui estão! 
Como é belo o gênero humano! 
Ó Admirável Mundo Novo 
Que possui gente assim!” 
(William Shakespeare, A Tempestade, Ato V) 


Algum lugar nas Badlands, 1873.


Era uma vida de merda, sem dúvida alguma. Calor, sol, deserto, gente chata e raramente algo melhor pra comer do que uma enchillada com feijão e... feijão. Mas isso não significa que possa existir uma ou outra coisa boa. Aaron pensava nisso naquele momento, logo após ter "convencido" uma mulher das redondezas a ir com ele para uma formação de rochas próxima à sua vila e... digamos, passar um tempo com ele. Agora Aaron, o Cão do Inferno, relaxava sob o sol escaldante, enquanto a mulher abraçava as próprias pernas, murmurando algo ininteligível.



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Aaron Cão do Inferno

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Aaron Cão do Inferno em Ter 21 Abr 2015 - 2:40

*A vida no meio deserto. Calor infernal, as pessoas bem chatas e restritivas da vila, comida ruim, mas tem certas compensações...Aaron “Cão do Inferno” sempre foi uma paria, é um impuro, um dos “los infelizos” e mesmo entre eles não é exatamente querido, as palavras “Bruto” e “Monstro pervertido” são usadas frequentemente para descreve-lo.

Enquanto os outros pregam uma mistura de catolicismo e animismo, dizendo que todos devem se abster dos prazeres da carne e blablabla, Aaron ri dessas idéias. A carne é a única coisa que tem já que os espiritos nem se incomodavam em aceitar os bastardos de gaia como uma tribo, sabe que não vai ter uma vida muito prospera então pensa ele que é melhor morrer de barriga cheia e com sua luxuária infame saciada.

Agora estava deitado relaxando sob o sol, nem se incomodando em não ficar em sua forma natural, um crinos sem pelos de couro negro, com musculos imensos que pareciam quase explodir para fora da sua pele. Sempre achou que o lado bom de sua deformidade é não ter um casaco de peles pra ficar embaixo daquele sol.

Estava lá deitado com uma mão atrás da cabeça e dando uma bela coçada na virilia com a outra enquanto sentia o suor escorrer pela cabeça. Ao ver a garou ao seu lado daquele jeito não resiste em falar.

- O que você disse? Round 2?

Abraça ela por trás, dando uma bela acariciada nas pernas dela vendo a reação dela a proposta...



Aaron "Cão do Inferno" - Ragabash - Impuro - "Los Infelizes"
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Wild Master em Ter 21 Abr 2015 - 2:58

*Ao chegar mais perto, Aaron consegue ouvir o que a mulher balbucia.*

-Ela se abre... E o tesouro dentro é tão belo, tão belo... Que ninguém diz não... Ninguém se recusa.

*Suas pernas agora estão entreabertas. Ela não está necessariamente dizendo não...*



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Aaron Cão do Inferno

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Aaron Cão do Inferno em Ter 21 Abr 2015 - 3:06

*Não sabe dizer direito se ela está dizendo sim ou não. Mas não deixa de dar umas belas “estimuladas” em suas pernas entre abertas, seu focinho lupino dá uma bela lambida em seu pescoço.

- Isso é um sim ou um não? Se é um sim é só abrir essas pernonas gostosas e aproveitar...ou se preferir eu posso fazer isso pra você…

Encosta o corpo no dela.

- Qualquer um tá bom pra mim… *Fala com um sorriso pervertido e cheio de presas, o impuro exalava fúria, instinto desenfreado e desejo. Era bem diferente dos outros infelizos nesse sentido.



Aaron "Cão do Inferno" - Ragabash - Impuro - "Los Infelizes"
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Wild Master em Ter 21 Abr 2015 - 3:11

*Reagindo aos toques e estímulos, a mulher lentamente começa a se oferecer, embora sua mente parecesse estar em outro lugar, como era comum entre os Infelizes. Aaron e a mulher começam a passar o tempo de forma produtiva enquanto embaixo, na aglomeração que uma alma caridosa poderia chamar de "vila", o som da ladainha habitual de seus rituais religiosos começa a chegar aos ouvidos do Cão do Inferno.*



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Aaron Cão do Inferno

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Aaron Cão do Inferno em Ter 21 Abr 2015 - 3:26

*Enquanto os rituais religiosos e a ladainha sem sentido ecoavam pelo lugar, Aaron passava o tempo de forma mais...produtiva...bem seria mais produtiva se pudesse de fato gerar descendentes, mas isso não o impede de “tentar”. Não é exatamente romantico, sendo bem adepto a uma forma mais...primal de “passar o tempo” parecendo mais um animal do que um ser inteligente.

*Ao terminarem, deita do lado da mulher, por hora satisfeito. Nessa hora que o barulho começa a ficar bem alto. Aaron levanta-se e se espreguiça estralando os ossos do pescoço. Coloca sua calça dedicada que é basicamente a única peça de roupa que tem.

- Se quiser outra, sabe onde me achar… *Solta um bocejo de tédio* – Vou ver o que esses doidos tão fazendo…

*Vai para a vila, sabe que o cheiro dela está todo nele e vice versa e não dá a mínima pra isso, todo mundo lá já sabe de sua infamia...



Aaron "Cão do Inferno" - Ragabash - Impuro - "Los Infelizes"
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Wild Master em Qui 23 Abr 2015 - 0:38

*A mulher continua a murmurar em seu pseudotranse. Ela havia atingido o clímax com Aaron, mas fora isso, não havia esboçado qualquer outra reação. Apenas continua murmurando sobre o "tesouro aberto" e "snapper".*

*Conforme Aaron vai descendo em direção à vila, percebe que o motivo da ladainha estar mais alta do que o normal era por haver uma procissão saindo da igreja. Como toda aglomeração dos Infelizes, era um misto de cacofonia e princípio de turba. Uma cena doentia, mas Aaron nunca havia conhecido nada diferente. Conforme o Impuro se aproxima da cena, começa a distinguir algumas palavras.*

-pecados do Pai... pecados do Pai... pecados do Pai...



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Aaron Cão do Inferno

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Aaron Cão do Inferno em Qui 23 Abr 2015 - 9:43

- Abro seu tesouro quando quiser gostosa hehehehe. *Da um belo tapa na bunda dela antes de descer para a vila*

- Adoro as doidinhas. Sempre topam tudo.

*O impuro exibia um sorriso cheio de presas salientes, com as maos no bolso enquanto chuta uma pedrinha por ai, o crinos robusto suava como um porco pelo "exercício" sob o sol.*

*Conforme se aproximava, as palavras da procissão pareciam um pouco mais claras. Pecar é algo que Aaron faz muito bem e com orgulho. Devorar humanos que invadem o territorio sem autorizacao, acasalar com mulheres garou quando quer, onde quer e do jeito que quer e caso alguem testemunhe tal cena grotesca, azar o deles, pensa o impuro*

*Alguns na vila consideram que Aaron esta apenas cunprindo sua funcao como questionar e trapaceiro, a maioria o considera como um depravado exemplo do que acontece quando param de seguir os mandamentos da Virgem Gaia*

*Nao que ligar muito, de fato se divertia com o fato de que se considera por fora o que todos eles sao por dentro.*

*O grotesco crinos sem pelos apoia-se em uma cerca, relaxado, tira um pedaço de osso de uma presa abatida do bolso pra palitar as presas, observa a procissão e o que falavam, sempre gostou de um bom show de comedia apos uma manha proveitosa...



Aaron "Cão do Inferno" - Ragabash - Impuro - "Los Infelizes"
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Wild Master em Qua 29 Abr 2015 - 23:48

*Com o tapa, a mulher parece sair de seu "transe", e corre para longe de Aaron e do lugar onde estavam. Conforme o impuro se aproxima da vila, as frases se tornam mais altas e nítidas: 

"-O filho paga pelo pecado do Pai... O filho paga pelo pecado do Pai..."


*A cena carrega um misto de patético com assustador. Toda a vila dos Infelizes onde Aaron vivia, crianças, velhos, homens, mulheres, impuros, humanos e lobos andam em procissão, como que tomados por um êxtase. Todos repetem a mesma frase, como um mantra, de forma mecânica e monótona.*

*Apesar das palavras monótonas, o comportamento dos penitentes é o posto. Saltam, giram e se jogam ao chão, se prostam, andam de joelhos, rastejam, se levantam de novo, é o caos. E o pior, todos se autoflagelando, muitos deles usando chicotes com farpas de algo que parece prata, porque sangram profusamente. No meio da procissão, segue uma cruz gigante, vazia, ao menos por enquanto.*

*Liderando todo o desfile do show de horrores, Aaron pode reconhecer El Castrado, o mais próximo que a comunidade tem de um líder, seja material ou espiritual. Andando em Crinos, usando farrapos que lembram uma forma de "robe" e o crânio de outro Garou na cabeça, como um capacete, ele faz um sinal, e toda a procissão para. O silêncio, após tamanha ladainha, é ensurdecedor.*



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Aaron Cão do Inferno

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Aaron Cão do Inferno em Qui 30 Abr 2015 - 0:03

*O caos e a loucura seriam absurdos e dignos de pesadelos para qualquer um. Para Aaron era só mais um evento do dia. Autoflagelações, rezas ensandecidas, pessoas surtando, o bom caos imperando e ainda nem é hora do almoço!*

*O crinos bruto apenas observa o ritual maluco, prestando atenção no que o “líder” vai dizer. Com o mantra “O filho paga pelo pecado do pai” só consegue pensar “Ainda bem que nunca vou ser pai” e “Espero que a próxima parte tenha bastante sangue, sexo e banquetes! Ok os dois primeiros já tão bem!”.*



Aaron "Cão do Inferno" - Ragabash - Impuro - "Los Infelizes"

Conteúdo patrocinado

Re: Prelúdio Aaron Hellhound - Uma vida Infeliz

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Dom 19 Nov 2017 - 15:32