Fórum dos Presas de Prata - Jogos On-Line

Últimos assuntos

» Capitulo 1: As Sombras de Barovia
Qui 2 Mar 2017 - 22:52 por T´ssis Tor Gak

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:49 por Haseid Dumein

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:43 por Qui gon jinn

» 4a Crônica de Skundar: O Chamado para o Heroismo
Dom 19 Fev 2017 - 20:19 por Space Master

» 1a Cronica de Qui-Gonn:
Dom 19 Fev 2017 - 20:14 por Space Master

» Delegacias de Polícia de Nova York
Qua 14 Dez 2016 - 21:19 por NPC

» Hotel Warwick
Qua 14 Dez 2016 - 21:14 por NPC

» Casa de Chá de Jade
Qua 14 Dez 2016 - 21:12 por Kumiku Hayabusa

» Cabana dos Theurge da Seita do Caern do Urso
Qui 8 Dez 2016 - 22:57 por Vento Cortante

» 1a Crônica de Anouk
Qui 3 Nov 2016 - 9:53 por Space Master

» ATIVIDADE NO NARRADOR
Ter 25 Out 2016 - 22:17 por NPC

» Urru Stoneblade - PC
Seg 26 Set 2016 - 19:20 por Urru Stoneblade

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Lobo Fenris
Qui 8 Set 2016 - 19:57 por NPC

» 3a Crônica de Dacrius: Nos limites do orgulho
Qui 8 Set 2016 - 13:02 por Space Master

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Urso
Ter 6 Set 2016 - 22:04 por NPC

» Resumo: A Saga de Urdnot Skundar
Ter 30 Ago 2016 - 19:56 por Space Master

» Dacrius Novadek - PC
Seg 29 Ago 2016 - 18:39 por Dacrius

» Urdnot Skundar - PC
Dom 28 Ago 2016 - 0:17 por Skundar

» Resumo: A Saga do Agente Dacrius
Sab 27 Ago 2016 - 15:31 por Space Master

» Anouk - PC
Sex 26 Ago 2016 - 20:12 por Anouk

» Qui-Gon Jinn - PC
Qui 25 Ago 2016 - 16:18 por Qui gon jinn

» Tabela de Gastos de XP
Ter 23 Ago 2016 - 19:01 por Space Master

» Modelo de Ficha e Criação de Personagem
Ter 23 Ago 2016 - 19:00 por Space Master

» Arsenal: Armas e Equipamentos
Ter 23 Ago 2016 - 18:33 por Space Master

» Fatos Históricos.
Ter 23 Ago 2016 - 18:13 por Space Master

» Qualidades Novas
Ter 23 Ago 2016 - 17:40 por Space Master

» Raças Jogáveis
Ter 23 Ago 2016 - 17:35 por Space Master

» Organizações de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 17:01 por Space Master

» Lugares de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 16:58 por Space Master

» Reino Fluxo
Ter 23 Ago 2016 - 14:54 por NPC

» Caern do Central Parque - Seita Verde
Qui 18 Ago 2016 - 7:44 por NPC

» Verrikan Investigations
Ter 16 Ago 2016 - 10:15 por NPC

» Floresta de Pinheiros - Centro - Caern do Lobo Fenris
Ter 5 Jul 2016 - 23:08 por NPC

» Colmeia da Wyrm
Sex 24 Jun 2016 - 20:26 por NPC

» Central Park
Qua 18 Maio 2016 - 14:06 por NPC

» Residência de Skelter
Sex 6 Maio 2016 - 1:22 por NPC

» Chinatown de Virtual City
Sex 6 Maio 2016 - 1:15 por NPC

» Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros
Seg 18 Abr 2016 - 8:28 por NPC

» Hotel Imperial Palace - Refúgio Alexander Corvinus
Qua 13 Abr 2016 - 17:57 por NPC

» Refúgio de Miliard Von Doon
Qua 13 Abr 2016 - 17:56 por NPC

Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Julho 2017

DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário


Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Compartilhe

Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Seg 13 Out 2014 - 19:26

*se aproxima ainda admirando-a e diz*

Realmente, Veruska te ajudou mesmo, está linda Lágrima! Linda mesmo!

*olha Veruska e diz*

Obrigado Veruska por ter ajudado-a.

*fica a encarando encantado com sua beleza*

Veruska
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 97
Data de inscrição : 27/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Veruska em Seg 13 Out 2014 - 19:27

*sorri e satisfeita com os elogios de Impetuoso fala*

Advinha, ela é Fianna como a gente, e Galliard como euzinha!

*fica eufórica e sorrindo muito dando pulinhos*

Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Seg 13 Out 2014 - 19:45

Fica meio sem jeito pela forma que Impetuoso a olhava, mas tenta disfarçar o seu incomodo, não demonstrando nenhuma reação.

Observa o jeito de Veruska, toda orgulhosa e feliz, abre um sorriso, estava ali uma loba muito complexa, ficava feliz feito uma criança com coisas tão simples, mas irritadíssima quando o assunto era mais sério e feria algo a seu respeito.

Coloca as duas mãos para trás do corpo, e fala para os dois:


- O Assud disse isso ontem, Galliard, Fianna. Mas então, o que vou aprender agora?

Falava enquanto levava uma de suas mãos a gola da camisa, seu pescoço estava vermelho de tanto que ela coçava e tentava alargar um pouco.

Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Seg 13 Out 2014 - 21:19

*Ouve e responde*


Bom para aprender o que tenho a ensinar, preciso ser apenas eu e você Lágrima, preciso que você Veruska volta a Torre, depois levo Lágrima para lá a noite.

*Volta sua atenção a Lágrima e diz*

Fico muito feliz, ser Fianna, é algo emocionante, espero que goste, temos emoções fortes!



Veruska
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 97
Data de inscrição : 27/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Veruska em Seg 13 Out 2014 - 21:21

*Fica chateada por alguns instantes com as palavra de Impetuoso, mas nota que ele tem razão, sua amiga aprenderia melhor apenas com a presença dele, iria se distrair com sua super amiga Veruska e responde meio chateada*


Ta bom, ta bom, eu vou, depois vai lá tá Paty, Ok? Promete? Jura juradinho?

Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Seg 13 Out 2014 - 21:40

Olha para Veruska e abre um sorriso:

- Juro, voltarei para conversarmos melhor. Muito obrigada por tudo o que tem feito por mim, Veruska.

Espera que ela vá embora e volta-se para Impetuoso.

- Pronto, agora podemos começar. E sem dúvidas, vou gostar de ser uma Fianna, hoje a noite lá no mundo dos sonhos com o Assud, eu vi o cervo falando em meu ouvido, quando estava desacordada depois do ataque do lobo negro, que um Fianna iria me ajudar e me preparar. Acho que estava falando de você.

Veruska
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 97
Data de inscrição : 27/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Veruska em Seg 13 Out 2014 - 22:26

*Volta para a torre*

Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Seg 13 Out 2014 - 22:29

*senta na grama e diz*

Sente-se.

*Ouve o que disse e responde*

O Cervo é nosso espírito guia de nossa Tribo, ele é um Totem de Respeito para nossa Tribo, o poderoso Cervo, ele guia nossos ancestrais a séculos e como fez com você, se guiou até mim é por que devo te ensinar o que é preciso, o que deseja aprender?

Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Seg 13 Out 2014 - 22:47

Ela meio desajeitada, senta-se na grama, e tenta imitar a posição de Impetuoso.

- Compreendo. Bom, eu mudei de forma, mas não sei como fiz isso. Foi algo instintivo, quero aprender como mudar de forma, mas desta vez, conscientemente.
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Seg 13 Out 2014 - 23:42

*Ouve e responde*

Primeiro, devemos fazer uma coisa antes, para que não rasgue as roupas de Veruska, ela ficaria muito chateada e choraria por dias, pelo que você pode ter imaginado, ela é uma pessoa muito carente, isso é por causa da deformidade de impura dela, não comente nada, apenas evite irrita-la, se explicar bem o que precisa fazer ela entende, mas brigar com ela apenas vai deixa-la transtornada.

*desempenha o ritual de Dedicação de um Talismã nas roupas de Lágrima de Prata, para que possa mudar junto com ela quando puder mudar de forma*

*depois de alguns minutos termina o ritual em cada peça de roupa*

*sorri*

Podemos começar?



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Ter 14 Out 2014 - 19:13

Escuta atenta, estava com os braços para trás, seus olhos fixos em Impetuoso. Acena com a cabeça e meio que rindo, responde:

- Percebi e como percebi que ela é meio carente. Ela quer me levar em um tal de shopping, em um salão, não sei o que é isso, mas pelo jeito, ela gosta bastante. Pode deixar que não vou comentar nada com ela.

Assim que Impetuoso começa a fazer o ritual em suas roupas, fica parada, apenas observando como era esse ritual. Depois que ele termina, balança a cabeça em concordância:

- Claro, podemos começar quando quiser.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Ter 14 Out 2014 - 19:32

*Ouve e e responde, o semblante fica sério*

Lágrima, você deseja aprender a mudar de forma, mudar entre as cinco formas que Gaia nos abençoou, feche seus olhos agora, apenas escute minha voz.

*aguarda ela fazer o que foi pedido*



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Ter 14 Out 2014 - 19:35

Estava ansiosa, podia sentir o seu corpo, na forma de macaco, gelado nas extremidades. Seria o nervosismo do momento? Enfim, não sabia o que era, mas fecha lentamente os olhos, agora era hora de se concentrar.

Tenta não pensar em nada, deixar sua mente livre apenas para o estava por vir. Deixa seus braços e pernas livres e fica escutando apenas a voz de Impetuoso.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Ter 14 Out 2014 - 19:38

*Percebe a colaboração de Lágrima e fala com uma voz suave*

Sua raça é a de lobo, sua raça de nascença, tente lembrar das primeiras coisas que fez quando passou a lembrar como uma loba Lágrima de Prata



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Ter 14 Out 2014 - 19:54

Em suas memórias, veio a sua antiga vida, com a sua família e a sua antiga alcateia. Sem perceber, abre um sorriso singelo, era como um ato automático naquela forma.

Lembrou exatamente do dia em que recebeu aquele nome, quando o lobo alpha, em uma noite onde a lua estava brilhante, iluminando a todos e os abençoando, estavam reunidos contemplando a sua beleza, e a loba, que era melhor na comunicação do que os outros, contava histórias maravilhosas, coisas relacionadas a lua, a natureza, a união e ao sentimento de família, a importância de todos ficarem unidos.

Quando estava contando essas lindas histórias ou entoando um uivo em homenagem a lua, até o mais sisudo dos lobos chorava lágrimas de prata. E nesse dia, o alpha se emocionou tanto, que lhe deu o nome, um efeito que ela sempre causava em todos.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Ter 14 Out 2014 - 20:02

*Lágrimas saem dos olhos da Humana ali, que lentamente, muda para a forma de loba, como era antes, no dia que nasceu*



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 

avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Ter 14 Out 2014 - 20:10

*sussurra*

Abra os olhos e veja



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Ter 14 Out 2014 - 20:23

Lentamente, abre os olhos e percebe que estava na sua forma natural, uma loba de pelos quase avermelhados e olhos azuis.

Na língua dos lobos, fala impressionada:


- Então é só pensar na sua antiga forma e você consegue mudar de forma?



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Ter 14 Out 2014 - 20:49

*Ouve e diz*

Não, ainda, mas você associa as coisas entende? Agora vamos voltar a forma humana, feche os olhos e pense em como se sentiu como humana.

*Aguarda ela fazer como pedido*



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Ter 14 Out 2014 - 21:00

- Entendi, entendi.

Fica quieta e continua a sua concentração, pensando na sua primeira transformação. Não fora uma das suas melhores experiências, mas uma das mais emocionantes. Lembra da forma frágil, delicada, e que ao mesmo tempo, tão enigmática.




Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Ter 14 Out 2014 - 21:04

*Os pensamentos de sua fragilidade ante a adversidade da forma do macaco, Lágrima muda e volta a forma Humana*



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 

avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Ter 14 Out 2014 - 21:04

*Observa e sorri*

Perfeito!



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Ter 14 Out 2014 - 21:11

Passa as mãos pelo seu corpo, vendo que conseguiu mudar de forma novamente abre um sorriso largo.

- Eu consegui, eu consegui. Então é só relacionar a sua forma a lembranças que ela te trás. Até eu conseguir mudar de forma sem ter essa associação.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Ter 14 Out 2014 - 21:17

*sorri responde*

Exatamente, agora vamos tentar com sua forma Crinos. Feche os olhos e pense quando derrotou o lobo negro enquanto estava no reino dos sonhos, como se sentiu crescendo e ficando forte naquele momento.

*aguarda ela fazer*



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Ter 14 Out 2014 - 22:21

Novamente fecha seus olhos, lembrava com perfeição o que tinha ocorrido na noite anterior, ao mesmo tempo em que fora uma das experiências mais traumáticas que já passou, mas desconfia que mais situações como essa viriam a seguir.

Sua mente se projeta ao momento em que Zaz rasgava a sua barriga, ainda como loba, e depois, a sensação de poder e fúria quando o seu corpo cresce, cria músculos, e parte para cima do lobo com toda a fúria e ódio do mundo.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Ter 14 Out 2014 - 22:24

*A raiva, o ódio, a Fúria em seu coração afloram a poderosa forma Crinos, fazendo Lágrima alcançar essa poderosa máquina de matar dos Garou*



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 

avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Ter 14 Out 2014 - 22:25

*novamente fica satisfeito e fala*

Ótimo!!! Parabéns!



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qua 15 Out 2014 - 19:31

Assim que muda para Crinos, Lágrima ergue as suas imensas garras, as olhando, admirando, lembrando de como matou aquele lobo negro com facilidade. Mas sabia que não aconteceria algo assim novamente, que deveria treinar e aperfeiçoar as suas habilidades.

Por puro instinto, solta um uivo muito alto, apenas testando a sua capacidade.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Qua 15 Out 2014 - 19:56

*Ouve o uivo, dica satisfeito e fala*

Agora Lágrima, vai tentar, mudar entre as formas mistas, a próxima é a Glabro, imagine em sua mente, ser como sua forma humana, mas, ser também como a sua Crinos, criar uma meio termo entre elas, consegue?



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qua 15 Out 2014 - 23:30

Ainda na forma imensa de Crinos, Lágrima escuta com atenção, mas antes que pudesse pensar em alguma coisa ou seguir as orientações de Impetuoso, olha-se mais uma vez, cada detalhe, sua causa, suas garras, os seus músculos.

Era realmente uma forma inexplicavelmente forte e destrutiva, mas se Gaia permitiu que existisse isso, era porque é necessário.

Depois de seus momentos de contemplação, tenta imaginar como seria a mescla da forma Crinos com a forma de macaco.

Fecha os olhos, fica imaginando um humano mais alto, mais forte, com patas e mãos mais fortes.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Qua 15 Out 2014 - 23:37

*Lágrima consegue diminuir sua forma, indo para Glabro*



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 

avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Qua 15 Out 2014 - 23:38

*Observa e diz*

Perfeito!



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qua 15 Out 2014 - 23:50

Fica contente que esteja aprendendo rápido, pelo menos o seu ensinamento básico, mudança de forma, estava conseguido absorver bem.

Novamente, olha em como estava a sua forma física, depois olha para Impetuoso e sorri dizendo:


- Até que é mais fácil do que eu imagina. Você não sabe o que eu sofri indo na forma de macaco até a torre...



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Qua 15 Out 2014 - 23:58

*sorri e diz*

Imagino, passei por isso também, mas tive um bom professor... Agora, mude para Loba, e depois, faça o mesmo, tente imaginar uma mistura de Lobo com Crinos, tente agora para mudar para Hispo.



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 0:11

- Percebo que teve um bom professor, que aprendeu bem com ele, esta conseguindo me ensinar muito bem!

Sorri amigavelmente, depois concentra-se novamente, fazendo todo o processo de recordar quando ainda estava convivendo com a sua família, lindas recordações.

Depois, tenta imaginar como seria a mistura do lobo com a forma mais agressiva, um pouco mais alta e robusta, com mandíbulas e garras fortes.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Qui 16 Out 2014 - 0:15

*Lágrima de Prata se transforma numa temível Hispo, bem maior e mais forte que sua correlata Lupina, bem mais ameaçadora, forte e resistente*



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 

avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Qui 16 Out 2014 - 0:16

*Vê, bate palmas e diz*

Perfeito!! Agora aprendeu a mudar para todas as formas, siga esses instintos, que com o tempo nem precisa acionar suas memórias, serão instintivas.



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 0:31

Mais uma vez, olha para sua nova forma. Estava muito forte, provavelmente conseguiria correr por km sem nem ao menos sentir os efeitos do cansaço.

Escuta Impetuoso, novamente, fecha seus olhos e lembra-se da sua forma de humana, onde teve alguns problemas logo mudou para ela. Assim que consegue mudar de forma, abre um largo sorriso e diz empolgada:


- Fico feliz que eu esteja conseguindo, pensei que não conseguiria, ou que fosse muito mais difícil. Muito obrigada Impetuoso, muito obrigada mesmo.

No calor da emoção, ela acaba abraçando ele, mas não sabia o porque fez isso, quando estava em sua forma de loba, ela apenas acariciava com a cabeça, talvez o seu instinto na forma de macaco seja outro.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Qui 16 Out 2014 - 0:35

*retribui o abraço de Lágrima de Prata e depois fala*

Bom, agora temos ainda alguns caminhos a seguir, um deles é te ensinar o dialeto Garou, a língua Sublime, mas vamos treinando, é bem parecida com a língua dos lobos, mudando algumas expressões e movimentos corporais, e temos que decidir como será seu ritual de Passagem, meu amigo Amon Hórus deseja desempenhar o ritual em você, se quiser, logo ele chegará aqui, para conversar com você.



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 0:40

O olha e logo responde:

- Bom, em relação ao dialeto garou, tem muita coisa nova a ser aprendida ou o princípio é o mesmo da língua dos lobos? Mesmo sendo parecidos, tenho medo de falar alguma besteira, ou acabar ofendendo alguém sem ter o devido conhecimento.

Pára por alguns instantes, cruza os braços e continua:

- Vamos aguardar ele chegar então. Mas como funciona esse ritual de passagem?



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Impetuoso
Intermediários
Intermediários

Mensagens : 168
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 40
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Impetuoso em Qui 16 Out 2014 - 0:43

*sorri e fala bem calmo*

Ele vai te ensinar, tudo que precisa saber sobre o ritual, agora, preciso ir, ele está vindo, ele quer te ensinar sozinho, preciso descansar um pouco, tive a noite inteira de guarda, boa sorte Lágrima de Prata.

*Muda para lobo e segue para a floresta para descansar*



Impetuoso Contra a Wyrm, Lupus, Galliard do Campo Tuatha de Fionn dos Fianna, Adren.

avatar
Amon Hórus
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 2015
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Amon Hórus em Qui 16 Out 2014 - 0:47

*aparece em Crinos, idêntico a imagem de avatar, e observa Lágrima de Prata, em silêncio*



Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos. Ancião-Rhya

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 0:51

- Bom descanso, muito obrigada por tudo e até breve.

Responde a Impetuoso enquanto ainda estava na sua presença. Tão logo ele vai embora, o seu amigo, Amon, chega na forma de crinos.

Era impossível não ficar ao menos um pouco assustada, não estava totalmente acostumada com essas mudanças, mas tenta não demonstrar a sua insegurança.

Calmamente, lhe pergunta:


- Você deve ser Amon Hórus, certo?



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Amon Hórus
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 2015
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Amon Hórus em Qui 16 Out 2014 - 0:57

*Muda para a forma humana, ficando como na imagem de assinatura, e observa e responde de forma calma*

Sou sim, me chamo Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos, sou um Imorredouro, estou vivo a mais de 5 mil anos, e vago por esse mundo a auxiliar os Garou, e jurei defender o Caern dos Três. Fale de você jovem lupina.



Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos. Ancião-Rhya

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 9:00

*Fica impressionada pelo tempo em que Amon está vivo, certamente se trata de um guerreiro esplêndido. O escuta com atenção, e quando lhe é solicitado, responde calmamente:*

-Me chamo Lágrima de Prata, tive minha primeira mudança essa noite, pelo que me falaram, sou uma galliard fianna. Muito prazer.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Amon Hórus
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 2015
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Amon Hórus em Qui 16 Out 2014 - 15:53

*Observa e responde de forma calma e tranquila*

Entendo, estou preso a essa rede da fé, no Caern dos Três, fiz uma promessa de proteção eterna aos líderes dessa Seita quando os Caern foram criados a 300 anos, portanto, estou aqui para ajudar, até prefiro, o mundo anda muito mudado e eu estaria muito confuso com as mudanças. Mas vejamos, você é uma Galliard, teremos que preparar um ritual de passagem para seu augúrio, normalmente como é o augúrio do conhecimento, da arte e da música vou te dizer uma, gosto de ouvir musicas... Mas antes vamos falar de nossas leis.


Como o povo tribal que é a Nação Garou possui seus próprios tabus. O conceito de tabu é importante em os Lobisomens uma vez que, como em todas as sociedades, existem valores que pautam o comportamento e mexem com a sensibilidade dos indivíduos. O código de conduta dos lobisomens é ditado pela Litania, uma grande canção das eras que contém as tradições, os códigos e as leis dos Garou.

Como os juízes que são, todos os Phillodox conhecem a Litania de cor, e os Galliard conhecem uma boa parte, uma vez que são os guardiões das histórias, canções e conhecimentos. Mesmo os Ragabash conhecem o bastante para que possam burlá-la sem ir longe demais, e para os Ahroun, a Litania diz muito sobre o motivo de suas lutas.

Ainda que a Litania seja uma, cada tribo possui a sua própria interpretação – mas de um modo geral, os valores dos Garou são simples e diretos, suas punições são rápidas – e muitas vezes brutais – e os violadores sabem bem o que estão fazendo. Ainda assim… nem tudo é tão simples.

A Litania

A palavra litania vem do latim litania, que deriva do grego lite e significa oração ou súplica. A seguir, temos a litania em si, e alguns comentários sobre as interpretações gerais de cada uma de suas leis.
Não Cruzarás com Outro Garou

Esta lei é simples: o cruzamento entre dois Garou produz lobisomens Impuros. Lobisomens devem buscar por parceiros entre os humanos ou os lobos, para que gerem filhotes perfeitos. Porém, a quantidade de Impuros que se pode encontrar mostra que esta lei já não é tão… seguida quanto já foi um dia. Ainda que seja motivo de vergonha, dificilmente seus violadores sofrerão pena capital, já que já não existem tantos lobisomens no mundo a ponto de se darem ao luxo de matar os que existem. Ainda assim, gerar um filhote Impuro é motivo de grande vergonha para os pais, levando alguns Garou, muitas vezes, a atitudes desesperadas, como esconder seu crime e abandonar (ou, em casos extremos, assassinar) os filhotes da vergonha.

Combaterás a Wyrm Onde Quer Que Ela Esteja e Sempre Que Proliferar

Outra lei simples e direta – os Garou foram criados para combater a Wyrm e, como guerreiros sagrados de Gaia, devem honrar esta tradição. Entretanto, alguns Garou acabam perdendo mais tempo em politicagem e competições mesquinhas do que cumprindo o seu papel, o que só aumenta a tragédia.

Respeitarás o Território do Próximo

Uma vez, os territórios eram amplos, e muitos. Extensas regiões selvagens permitiam que os Garou se organizasse longe dos humanos, marcando seus territórios com urina. Qualquer Garou que desejasse entrar em território alheio deveria entoar o Uivo de Apresentação para pedir permissão, recitando seu nome, seita, linhagem, totem e tribo. Entretanto, o mundo mudou. Humanos se espalharam, e os territórios selvagens são cada vez mais escassos. Como nunca antes em sua história, tribos diferentes são obrigadas, muitas vezes, a dividir territórios (o que gera um aumento de tensão). Além disso, em territórios urbanos, uivar seria, no mínimo, inapropriado, sendo mais fácil enviar um e-mail ou dar um telefonema. Alguns Garou mais jovens também costumam esquecer esta regra que consideram “fascista”, o que pode gerar sérios desentendimentos com lobisomens mais territorialistas.

Aceitarás uma Derrota Honrada

O fato é que os Garou estão em extinção, e, repetindo, não podem se dar ao luxo de perder mais indivíduos. Porém, enquanto seres meio lobos, duelos são inevitáveis. Acontece que duelos até a morte só aumentaria a falta de garras destinadas a combater a Wyrm. Teoricamente, um Garou pode reconhecer a própria derrota mostrando a garganta para seu oponente, e o vencedor é obrigado a aceitar o término da luta sem executar o derrotado. Mas, para alguns lobisomens, a derrota é algo vergonhoso, e preferem perder a própria vida a se render.

Submeter-te-ás aos Garou de Posto Mais Elevado

Lobisomens, assim como os lobos, são criaturas hierárquicas. Desde que seja razoável, as ordens de um Garou de posto mais elevado deve ser obedecida. Nada impede, porém, que um Garou mais jovem ignore um velho caquético – exceto que a Fúria do velho caquético pode se inflamar, e de repente, aquele ancião enrugado pode se mostrar um combatente realmente irritado e pronto a dar uma lição – física – no jovem desobediente.

Darás o Primeiro Quinhão da Matança ao de Posto Mais Elevado

Aqui, o negócio é simples: assim como os lobos mais fortes se alimentam primeiro, os lobisomens de posto mais elevado também o fazem. Esta tradição se estende para os espólios de guerra, então teoricamente, fetiches da presa devem primeiro ser oferecidos aos Garou mais renomados. Na prática, cada seita e alcateia interpreta a Litania do seu próprio modo. Dificilmente o mesmo Garou receberá os fetiches e amuletos mais legais todas às vezes, e caso sempre queira impor esta tradição, deve estar preparado para as consequências por ser tão ganancioso.

Não Comerá a Carne dos Humanos

Canibalismo é feio. Garou que consomem carne humana acabam contaminados pela Wyrm – seja pelo canibalismo em si, seja pela dieta moderna dos humanos estar repleta de alimentos de uma das subsidiárias da Pentex. Algumas Tribos interpretam este trecho ao seu próprio modo, mas de modo geral, os Garou não incluem pessoas na própria dieta. Isso seria meio nojento.

Respeitarás Aqueles Inferiores a Ti – Todos São Filhos de Gaia

Os Garou são seres altamente sociáveis e, mais do que isto, comunitários. Todos os serem possuem um propósito no Grande Esquema das Coisas. Na prática, alguns indivíduos se enchem de orgulho e não hesitam em desrespeitar – ou matar – seres inferiores (e dependendo do Garou, um cervo ou um humano podem ser igualmente inferiores aos Garou).

Não Levantarás o Véu

Não mostre aos de fora o que você realmente é. Esta tradição raramente é violada por um motivo simples: eles são caçados pela Wyrm, e mesmo por outras coisas. Os Garou sabem que a Inquisição ainda está por ai. Os Garou que exibem sua verdadeira natureza sem “limpar a bagunça” recebem a pena capital o mais rapidamente possível, pois são um risco para todos.

Não Serás Fardo Para Teu Povo

Antigamente, um Garou ferido além da cura, ou velho demais para se transformar, era morto por seus pares ou se retirava para morrer sozinho. Porém, são novos tempos, e os Garou – ao menos a imensa maioria dos hominídeos – defendem que mesmo os mais velhos têm algo a oferecer para o grupo. Como enviar para a morte (ou assassinar) sua mãe, seu tio, seu avô? A maioria dos Garou velhos demais para que continuem na luta retornam para a sociedade humana ou lupina, ou permanecem entre os Garou, contribuindo como podem, seja defendendo de alguma forma os interesses da Nação, seja ajudando a educar os mais jovens.

Em Tempos de Paz, o Líder Poderá Ser Desafiado a Qualquer Momento

Ainda que obedeçam os de posto superior, os Garou não são escravos, e caso não exista nenhuma ameaça imediata, desde que tenha o posto adequado para isto, um Garou pode desafiar o outro pela liderança da alcateia. Se vence, assume a liderança, se perde, aceita de bom grado as ordens do líder do grupo. Porém, alguns líderes são fortes (ou habilidosos) o bastante pra ser muito difícil derrotá-lo. Embora, quando se fale de lobisomens, logo se imagine combates sangrentos, esta não precisa ser sempre verdade, são reconhecidos outros desafios, como os de lógica, os de habilidade, charadas, entre outros. Entretanto, alguns Garou inescrupulosos podem tentar alegar que não estão em tempos de paz, pela guerra constante contra a Wyrm.

Não Desafiarás teu Líder em Tempo de Guerra

O trabalho em grupo das alcateias é primordial na guerra contra a Wyrm – nenhum Garou, sozinho, seria capaz de vencer as criaturas mais monstruosas da Wyrm. A obediência ao líder, que estabelecerá as táticas de combate, aqui, se torna uma simples questão de sobrevivência. Durante a luta, o líder deve ser obedecido, independentemente de qualquer coisa, e aqueles que desobedecerem recebem a pena capital assim que a batalha acabar – a menos que a insubordinação se dê em ocasiões especiais. Um Garou que desobedeça a um líder corrompido ou incompetente dificilmente será punido pelos Phillodox, ainda que não receba nenhum Renome, afinal, a Litania foi quebrada.

Não Desempenharás Nenhuma Ação que Cause a Violação de um Caern

Aqui, não tem meio termo – todos os Garou dão a vida pela defesa de um Caern. Mesmo que seja acidente, um Garou que leve um inimigo a um Caern receberá uma punição severa, ainda que, talvez, não a pena capital.

*observa Lágrima para ver se ela tem alguma dúvida*



Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos. Ancião-Rhya

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 19:18

Durante toda a explicação de Amon, ficou compenetrada, prestando atenção em cada palavra, e acima de tudo, tentando assimilar o que cada coisa significava.

As leis da litania são claras como cristal, não tinha como não entender. Muita coisa diferente das leis dos lobos, mas ao mesmo tempo, muito parecida entre si.

Tudo resumia-se há: não cruzaras com seus iguais, defenda os seus, repeitar os mais fortes e os mais fracos, manter o equilíbrio e não revelar a sua verdadeira natureza a quem não fosse garou.

Até mesmo uma criança entenderia, mas Lágrima de Prata, aos olhos de Amon era um bebê, se comparado a sua idade com a dela. Quando ele termina de falar todas as leis, ainda de braços cruzados, o responde:

- Entendi. As leis da litania não são difíceis, são simples. Pelo menos agora, nesse primeiro momento. Vamos ver no decorrer dos dias. Apenas uma dúvida, o que é essa tal de Wyrm? É uma pessoa apenas?



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Amon Hórus
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 2015
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Amon Hórus em Qui 16 Out 2014 - 19:43

*Observa Lágrima de Prata, senta-se no chão e diz*

Vou lhe contar tudo que sei a respeito da Wyrm.

A Wyrm é a inimiga dos lobisomens, uma poderosa fera mística, representada pelos Garou com um desenho de uma Espiral, um símbolo simples de uma serpente enroscada. Os lobisomens acreditam que a Wyrm desencadeará o fim do mundo, a destruição de Gaia, um evento chamado Apocalipse.
A Wyrm é vista como tudo que os Garou mais detestam. Ela é responsável pela corrupção, a violência e a decadência que assola o mundo. Simbolicamente, os Garou a apresentam com uma serpente, dragão ou monstro reptiliano alado que destrói todas as coisas. Em outras culturas metamórficas, como os Mokolé e os Nuwisha, ela muitas vezes é representada como um verme ou um ser decompositor, em uma tentativa de refletir sua natureza e papel primordial. De certo modo, talvez a aparência mais certa seja de uma hidra, pois como tal, ela tem várias cabeças.

Existem várias teorias sobre o incidente que causou a corrupção da Wyrm. No passado, a Wyrm era a terceira força do equilíbrio junto com a Wyld e Weaver. Ela era responsável por destruir tudo aquilo criado pela Weaver ou pela Wyld que era desnecessário, completando assim, o processo de criação, crescimento e morte do Universo.
Em algum dado momento, a Wyrm enlouqueceu, e passando assim a corromper e não destruir o que estava em excesso e por sua vez agora tenta corromper a todos. Os Garou (lobisomens) lutam contra isso e essa guerra vem se estendendo durante séculos, lutando contra Dançarinos da Espiral Negra, Fomori e Malditos.
Em contra parte existe um dilema para os Garou: os humanos seres do qual eles são responsáveis por cuidar (essa visão varia de tribo para tribo) são os maiores responsáveis por dar força, espalhar e ajudar a Wyrm a se fortalecer em todas as possíveis maneiras. Os Garras Vermelhas, por exemplo, acreditam que os humanos são as principais armas da Wyrm, e desejam eliminá-los completamente da face da Terra.
O fato é que a Wyrm se fortaleceu, e por causa disso, o futuro do Mundo das Trevas tornou-se sombrio. Mas até onde vai a corrupção da Wyrm?

A Weaver teria enlouquecido ao tentar dar um Padrão a Wyld, a primeira força da tríade. A Wyrm tentou cumprir seu papel de destruir o excesso, imposto pela Weaver, mas acabou em suas teias, totalmente aprisionada, tornando-a incapaz de agir novamente como um Celestino do equilíbrio. Este local, sua prisão, se tornou o assustador Reino Espiritual de Malfeas. No desespero de sua contenção, ela liberou sentimentos que se encarnaram em forças elementais. Eles são conhecidos como Instintos da Wyrm. Os Instintos da Wyrm tinham como objetivo encontrar aliados a fim de mostrar o sofrimento de sua gênesis e então libertar a Wyrm de sua prisão. Infelizmente, seus Instintos ganharam vida própria, baseados apenas nos sentimentos primários que os geraram (Ódio, Fúria, Ganância, Violência, Desejo, etc) e acabaram dando origem a Incarnas poderosos, os Maejin Incarnae, cada um inspirado no desígnio do sentimento correspondente. Assim, seus sentimentos loucos levam aos Garou a ideia que a Wyrm é má e corrompida. Mal sabem os lobisomens de que a pobre Wyrm não passa de um "deus" ou poderoso espírito fracassado e que foi vítima de seu próprio poder. E no fim, a mesma talvez esteja realmente perdida pra sua corrupção.
Dizem os Registros Prateados que a primeira luta contra a Wyrm foi do Lobo Progenitor, pai dos Garou, em defesa de Gaia (Tal lenda é enfatizada pela tribo dos Presas de Prata). Seus filhos, (Ragabash, Theurge, Phillodox, Galliard e Ahroun, que deram origem aos augúrios) assistiram a luta e participaram quando o Pai Lobo tombou quando a Wyrm lançou seu primeiro exército de Malditos. A partir daí, Garou passaram a guerrear abertamente contra a Wyrm (apesar da humanidade e outros seres sobrenaturais saberem bem pouco, quase nada ou nada a respeito disso. Pode se dizer que, possivelmente, as lendas da origem do mundo contadas pelos humanos são versões modificadas da batalha primordial do Pai Lobo contra a Wyrm).
Quando os Instintos da Wyrm se fortaleceram, suas formas reproduziram cada vez mais espíritos malignos, nascendo hordas de malditos. A fusão destes criavam monstros poderosos que lutaram diversas vezes com os Lobisomens e outros metamorfos.
Mas o maior trunfo da Wyrm foi conseguir fazer os Metamorfos (em destaque os Garou) a guerrear uns contra os outros na Guerra da Fúria, um período tão vergonhoso para os lobisomens quanto o Impergium. Teria sido causado pelo orgulho dos Garou de acreditarem de que por terem sido os primeiros a enfrentar a Corruptora, deveriam liderar os demais metamorfos na guerra contra a mesma, quer quisessem ou não. A Guerra da Fúria terminou com os lobisomens vencedores, porém a vitória não é uma lembrança de orgulho... ao invés disso, ela vista como um gigantesco banho de sangue genocida, com extinção de várias espécies de metamorfos, e assim, o enfraquecimento de Gaia com a grande perda de seus filhos. Uma grande mancha na história dos que se diziam os "maiores defensores" da Mãe Terra.
Com os anos se passando, logo após o Impergium, a Weaver tomou os humanos como seus filhos. Através dos Instintos que conseguiam viajar pelas Teias do Padrão (criadas pela Weaver), a Wyrm semeou a corrupção no coração da humanidade. Anos e anos passaram-se, e o abuso dos humanos a natureza foi se intensificando. E esse abuso foi lentamente fortalecendo a Corruptora.
É irônico perceber que, apesar de ter sido a Weaver a responsável pelo sua prisão, a mesma tem sido, sem querer, a maior aliada da Wyrm em espalhar a corrupção e miséria pelo mundo. A curiosidade e o senso de conhecer e padronizar todas as coisas tem levado a Weaver a não perceber que suas atitudes alimentava os abusos da Wyrm cada vez mais. E isso tem continuado até os dias de hoje.
O progresso do crescimentos das civilizações levou também ao crescimento do poder da Weaver (e consequentemente da Wyrm, se espalhando e corrompendo entre os padrões da Tecelã). Isso obrigou os Garou a buscar maior contato com a humanidade, levando-os a adentrar fundo nas culturas humanas, surgindo então várias tribos por afinidade com as diferentes culturas humanas.
Nesses tempos de crescimento, uma tribo de lobisomens corajosos acreditou que poderia sobrepujar a Wyrm em seu próprio covil. Eram os Uivadores Brancos. Esses orgulhosos Garou tinham como Parentes os povos Pictos da Escócia. Em um fatídico dia, a tribo tentou invadir o reino espiritual da Wyrm, Malfeas, e acabaram sendo corrompidos, convertendo-se nos malignos Dançarinos da Espiral Negra. Embora fracos no começo, os anos que se seguiram, eles permaneceram escondidos, reproduzindo-se e multiplicando-se até se tornarem a maior tribo de lobisomens. Hoje, eles podem ser considerados a maior ameaça aos Garou.

*observa a jovem Fianna, espera saber se ela tem mais dúvidas*



Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos. Ancião-Rhya

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 21:13

Senta no chão e fica prestando atenção em tudo que lhe ensinado. Não fazia noção da grandiosidade em que era a sua raça, proteger Gaia não era apenas sua função, como obrigação. Mesmo antes sem saber que foi destinada a isso, como uma loba normal, todos lutavam pelo equilíbrio na natureza.

Quando Amon começa a falar sobre os dançarinos da espiral negra, lembra-se de Zaz e da experiência traumática que teve durante a noite. Mais uma vez, seu instinto de querer proteger a natureza, seus iguais e principalmente os parentes, que agora lhe fora explicado o que era, se aflora mais do que nunca.

Assim que termina de falar, solta um grande suspiro, e lhe fala:


- Infelizmente eu já tive contato com um dançarino da espiral negra. Zaz era ou é o seu nome. Ele matou minha família, mas em um ritual com o Assud noite passada, tive um encontro com ele no mundo dos sonhos, lá, eu tive a minha primeira transformação e acabei o matando. Mas me diga, Amon, o que acontece lá é real ou apenas fruto da minha imaginação?



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Amon Hórus
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 2015
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Amon Hórus em Qui 16 Out 2014 - 22:02

*Ouve e responde*

Na Zona Onírica tudo que acontece são sonhos, mas creio que Assud fez a coisa certa, criou um ritual para te proteger e não morrer nesse Reino. Algo mais?



Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos. Ancião-Rhya

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 16 Out 2014 - 22:07

Fica pensativa, atenta a todas as explicações de Amon.

-Compreendo. Por enquanto não tenho mais dúvidas. Obrigada.




Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Amon Hórus
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 2015
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Amon Hórus em Qui 16 Out 2014 - 22:14

*sorri e diz*

Então, quero uma coisa sua, seu ritual de passagem, é me dizer em forma de musica ou poema tudo que aprendeu agora comigo, consegue?



Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos. Ancião-Rhya

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Qui 23 Out 2014 - 22:47

Ainda sentada, Lágrima fica pensativa, seus olhos estavam em Amon, mas era como se não estivesse ali, como se sua mente estivesse viajando, perdida em seus pensamentos.

Passados intermináveis minutos, levanta-se, tira a sujeira da calça, com os braços para trás, respira fundo e olha o céu, estava um lindo dia, os raios solares aquecendo a sua nova forma, aos poucos, abre um sorriso singelo e fala baixinho:


- Que assim seja.

Volta-se a Amon, seus olhos agora pareciam o enxergar, meio tímida, começa a recitar, a sua voz estava doce, como se entoasse um pequeno cântico, em ritmos passados:


"Benção ou maldição?
Parte da vida em duas pernas, a outra em quatro patas.
O braço forte, as garras afiadas, a alma impenetrável.
Assim são os guerreiros de Gaia, a sua criadora, a sua protetora.
Uma vida de muitos obstáculos, desafios, regras.
O uivo, cheio de lamentações por um amor impossível,
Com a amargura no peito, combate com todas as formas a Wyrn, a grande serpente,
Que aos poucos, vai envolvendo a todos em seu espiral de profanação.
O respeito aos seus superiores e aos seus inferiores, pode ser uma das tarefas mais difíceis,
Orgulhosos, mostram as suas marcas de batalhas, mas aceita uma derrota de cabeça erguida.
Benção ou maldição?
A perseguição a presa, a caçada, o sangue em sua boca.
A primeira parte dada ao líder, a ansiedade de celebrar a sua vitória,
O coração bate forte, a emoção, a perseguição, como ocultar a sua verdadeira natureza? Se em cada esquina a emoção grita, os sentidos afloram e a besta quase os dominam completamente...
Benção ou maldição?
Proteger a sua terra, nem que a última gota de sangue escorra pelo seu peito.
Defender a sua família, a sua terra, a mãe Gaia, assim vive um guerreiro de Gaia,
Uma mistura entre a fera e homem,
Entre a razão e a emoção,
Entre a benção e a maldição."



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
Amon Hórus
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/09/2014
Idade : 2015
Localização : Caern do Incarna do Falcão

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Amon Hórus em Sex 24 Out 2014 - 4:21

*O Peregrino se encanta com a voz da Fianna, fecha os olhos e ouve o poema que ela recita, já havia ouvido muitos ao longo das eras, mas esse é tão lindo com sua voz doce e perfeita, após o término no poema, abre os olhos novamente e encara Lágrima de Prata dizendo com um sorriso no rosto, algo raro em Amon*

Seu ritus de passagem se encerra agora nobre Garou, reconheço você como uma Cliath, e te dou um novo nome, se chamará Lágrima-de-Prata-Abençoada, de agora em diante!

*se levanta e fica em pé fitando a Fianna*

Agora, vamos a umbra, vou te ensinar a percorrer atalhos...

*tira do bolso da calça um Adaga Negra, ela é bem afiada, é muito polida, parece uma pedra rara que reflete com a luz, ele coloca a lâmina virada para o Norte, para que a face da Adaga mostra o reflexo de Lágrima de Prata Abençoada depois continua*

Garou, fite sua imagem nesse Siléx, ele é ritualisticamente Polido para refletir imagens, olhe, encare sua imagem, perceba seus olhos e imagine que pode entrar dentro dela, como se fosse mergulhar num mar tranquilo, tente percorrer atalhos!



Amon Hórus, Hominídeo, Theurge, dos Peregrinos Silenciosos. Ancião-Rhya

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Sex 24 Out 2014 - 22:07

Fica contente com a reação de Amon, havia conseguido. Conseguiu realizar o seu ritual de passagem com êxito. Seu coração se enche de alegria, sua mãe, se estivesse viva estaria com muito orgulho dela naquele momento.

- Lágrima-de-Prata-Abençoada!

Seu novo nome, parecia uma benção vinda da própria Gaia, a felicidade parecia que não cabia na jovem garou. Escuta com atenção Amon e as instruções dele para ela aprender a percorrer atalhos na umbra.

Começa a olhar para a adaga, vendo o seu reflexo, ainda com um sorriso no rosto, era praticamente impossível não sorrir naquele momento, mas se concentra e começa a enxergar seus olhos.

Azuis como o lago, tão profundo, ao mesmo tempo que são cheios de vida, ternura, carregam também uma ferocidade, uma fúria. Mergulha naquela imagem, como se pudesse ver a sua alma naquele pequeno pedaço de aço.



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Sab 25 Out 2014 - 6:30

*Lágrima de Prata Abençoada olha fixamente a adaga de Amon, com um sorriso em seu semblante que faz seu coração bater por mil vidas, sua felicidade era tamanha, seu orgulho de ser uma Galliard de valor e agora reconhecida como Cliath apenas lhe da certeza em seu lugar em Gaia, olha fixo o objeto do Theurge a sua frente com vontade e aciona a centelha de poder mistico em seu corpo, sua Gnose*

[Sistema: Lágrima de Prata Abençoada rola Gnose: 5 +4 (MODA) = 9 dados, dificuldade: 4 para percorrer atalhos]



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 

avatar
Lágrima de Prata
Veteranos
Veteranos

Mensagens : 333
Data de inscrição : 29/09/2014

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Lágrima de Prata em Sab 25 Out 2014 - 20:21

Seus olhos pareciam reluzir na lâmina. Sente uma estranha energia percorrer seu corpo.

Spoiler:
Lágrima de Prata efetuou 9 lançamento(s) de dados D10 (Imagem não informada.) :
, , , , , , , ,



Lágrima de Prata Abençoada, Fostern, Filha de Soktha, Lupus, Galliard dos Fianna.



“Nesta noite tudo começa. O uivo de clemência a Luna, o uivo da renovação das esperanças, o uivo de aviso aos inimigos, que Gaia ainda tem os seus melhores guerreiros, e esta noite, eles estão soltos para a caçada.”
avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Sab 25 Out 2014 - 20:44

[Sistema: Lágrima de Prata Abençoada rola Gnose: 5 +4 (MODA) = 9 dados, dificuldade: 4 para percorrer atalhos, obtém os seguintes resultados: (5,4,10,10,1,9,1,10,5): 5 sucessos]

*A Fianna percorre atalhos de forma automática, indo a Umbra*



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 

avatar
NPC
Grandes Mestres
Grandes Mestres

Mensagens : 4912
Data de inscrição : 23/09/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por NPC em Qui 6 Nov 2014 - 16:32

*depois de alguns minutos chega Shen a uma parte da floresta, onde Ajudante indicou que seria a entrada do Caern do Falcão*



NPC
 
Representa todos os Personagens Não Jogadores do Sistema de Jogos Online!
 
Acesse os Links abaixo para acessar áreas de Interesse do Fórum

 

 
 
 


Conteúdo patrocinado

Re: Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Seg 24 Jul 2017 - 3:52