Fórum dos Presas de Prata - Jogos On-Line

Últimos assuntos

» Capitulo 1: As Sombras de Barovia
Qui 2 Mar 2017 - 22:52 por T´ssis Tor Gak

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:49 por Haseid Dumein

» Rolagens
Qua 22 Fev 2017 - 0:43 por Qui gon jinn

» 4a Crônica de Skundar: O Chamado para o Heroismo
Dom 19 Fev 2017 - 20:19 por Space Master

» 1a Cronica de Qui-Gonn:
Dom 19 Fev 2017 - 20:14 por Space Master

» Delegacias de Polícia de Nova York
Qua 14 Dez 2016 - 21:19 por NPC

» Hotel Warwick
Qua 14 Dez 2016 - 21:14 por NPC

» Casa de Chá de Jade
Qua 14 Dez 2016 - 21:12 por Kumiku Hayabusa

» Cabana dos Theurge da Seita do Caern do Urso
Qui 8 Dez 2016 - 22:57 por Vento Cortante

» 1a Crônica de Anouk
Qui 3 Nov 2016 - 9:53 por Space Master

» ATIVIDADE NO NARRADOR
Ter 25 Out 2016 - 22:17 por NPC

» Urru Stoneblade - PC
Seg 26 Set 2016 - 19:20 por Urru Stoneblade

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Lobo Fenris
Qui 8 Set 2016 - 19:57 por NPC

» 3a Crônica de Dacrius: Nos limites do orgulho
Qui 8 Set 2016 - 13:02 por Space Master

» Coração do Caern - Clareira - Caern do Urso
Ter 6 Set 2016 - 22:04 por NPC

» Resumo: A Saga de Urdnot Skundar
Ter 30 Ago 2016 - 19:56 por Space Master

» Dacrius Novadek - PC
Seg 29 Ago 2016 - 18:39 por Dacrius

» Urdnot Skundar - PC
Dom 28 Ago 2016 - 0:17 por Skundar

» Resumo: A Saga do Agente Dacrius
Sab 27 Ago 2016 - 15:31 por Space Master

» Anouk - PC
Sex 26 Ago 2016 - 20:12 por Anouk

» Qui-Gon Jinn - PC
Qui 25 Ago 2016 - 16:18 por Qui gon jinn

» Tabela de Gastos de XP
Ter 23 Ago 2016 - 19:01 por Space Master

» Modelo de Ficha e Criação de Personagem
Ter 23 Ago 2016 - 19:00 por Space Master

» Arsenal: Armas e Equipamentos
Ter 23 Ago 2016 - 18:33 por Space Master

» Fatos Históricos.
Ter 23 Ago 2016 - 18:13 por Space Master

» Qualidades Novas
Ter 23 Ago 2016 - 17:40 por Space Master

» Raças Jogáveis
Ter 23 Ago 2016 - 17:35 por Space Master

» Organizações de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 17:01 por Space Master

» Lugares de Destaque
Ter 23 Ago 2016 - 16:58 por Space Master

» Reino Fluxo
Ter 23 Ago 2016 - 14:54 por NPC

» Caern do Central Parque - Seita Verde
Qui 18 Ago 2016 - 7:44 por NPC

» Verrikan Investigations
Ter 16 Ago 2016 - 10:15 por NPC

» Floresta de Pinheiros - Centro - Caern do Lobo Fenris
Ter 5 Jul 2016 - 23:08 por NPC

» Colmeia da Wyrm
Sex 24 Jun 2016 - 20:26 por NPC

» Central Park
Qua 18 Maio 2016 - 14:06 por NPC

» Residência de Skelter
Sex 6 Maio 2016 - 1:22 por NPC

» Chinatown de Virtual City
Sex 6 Maio 2016 - 1:15 por NPC

» Entrada do Caern do Incarna do Falcão - Floresta de Pinheiros
Seg 18 Abr 2016 - 8:28 por NPC

» Hotel Imperial Palace - Refúgio Alexander Corvinus
Qua 13 Abr 2016 - 17:57 por NPC

» Refúgio de Miliard Von Doon
Qua 13 Abr 2016 - 17:56 por NPC

Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Novembro 2017

DomSegTerQuaQuiSexSab
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário


Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Compartilhe
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Wild Master em Seg 23 Mar 2015 - 2:34

"Se nos picarem, não sangramos? Se nos fizerem cócegas, não rimos? Se nos envenenarem não morremos?  E, se nos ultrajarem, não nos vingaremos?" - William Shakespeare, O Mercador de Veneza

Scarlettsville - Texas - 1872

Griffin sempre havia se sentido velho. Deixou seu lar cedo, pois não se considerava mais um garoto. E cada ano para ele carregava a sensação de eras. Ele parecia ter vivido dez vidas nos últimos dez anos, e suas feições mostravam isso.

Pelo menos, até o dia anterior. Agora só haviam sombras. Griffin ouviu vozes, sussurros, berros. Pareciam ser de todo o tipo, de todos os lados. Mas uma palavra dentre todo o mundo que parecia falar em sua cabeça se sobressaia, mais e mais alto. Mais alto que dever, do que memória, do que outras palavras que ele sequer conseguia compreender o significado. O que importava, era apenas uma palavra que ecoava em sua cabeça, sob todas as vozes possíveis:

Vingança, vingança vingança...

Griffin podia sentir o ultraje. Sentia o ultraje por Isabelle e Amanda, mas era muito mais do que isso. Sentia o ultraje por um poder há muito perdido, usurpado por criaturas inferiores. Sentia algo que só conseguia pensar como A Hora do Lobo, e sobre como vítimas se tornaram algozes. Via chamas, sangue e dor. Via pântanos, clareiras e desertos. A dor de sua mulher e filha pareciam ecoar por toda uma eternidade, multiplicada por mil vidas.

Griffin se viu de pé, após achar que só lhe restava a escuridão. Ele sentia algo diferente, algo... maior. De repente, nada mais importava. Nenhum desses ratos supervalorizados parecia ter relevância. Tudo que parecia sentir é que havia sofrido um insulto e esse insulto seria pago. Griffin sentia o cheiro de sangue no ar.

Ele agora se via de pé, na própria cova. Um reles punhado de terra não fora o suficiente para lhe aprisionar. Ele se sentiu deslizando para fora da sepultura rasa, sentia um ar vivo, de maneiras que nunca havia sentido antes. Sentia poder, poder o suficiente para esmagar qualquer um tolo o bastante para entrar em seu caminho.

Kenneth Griffin podia sentir o cheiro de sangue no ar.

Kenneth Griffin nunca havia se sentido tão bem em sua vida.


Última edição por Wild Master em Seg 23 Mar 2015 - 23:51, editado 1 vez(es)



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Kenneth Griffin

Mensagens : 6
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Kenneth Griffin em Seg 23 Mar 2015 - 22:25



Vermelho…

A única cor que consegue ver…

Gritos...os gritos de sua esposa e sua filha…

A única coisa que consegue ouvir…

Novos músculos arrastam seu corpo para fora da terra, como um demonio saído do inferno o homem cobra se coloca em pé.

Kenneth Griffin agora é uma sombra do que foi, uma criatura de 3 metros de altura, musculos grotescamente hipertrofiados, uma cabeça reptiliana de serpente com olhos vermelhos infernais transbordando em fúria e selvageria.

A escuridão não o incomoda, pode ver, ouvir e farejar de um jeito que nunca imaginou possível, coloca sua língua bifurcada para fora da boca captando o cheiro daqueles cinco…

Apenas despedaça-los não seria o suficiente, faria com que sofressem o máximo quanto humanamente possível, tiraria tudo deles até não restar nada além de arrependimentos apenas para então faze-los morrer amaldiçoando o mundo.

O gizo de sua nova cauda emitia um chacoalhar estridente, um sibilar ameaçador ecoa pelos ventos que o levam para a cidade. As sombras seriam seu refugio e a sede de sangue seu mantra.

Sabe onde eles moram, começaria pelo mais vulnerável deles, Mark Tennison, andaria nas sombras, avaliaria o terreno e em seguida faria a cidade perceber que agora há uma maldição nela...uma maldição chamada Kenneth Griffin.




Kenneth Griffin - Hominideo - Sol Nascente - Mokole Mbembe
.
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Wild Master em Seg 23 Mar 2015 - 23:58

Um pouco de luz surge dentro da névoa vermelha que era sua mente. Um nome. Mark Tennison. Vivia num rancho afastado da cidade, uma propriedade quase falida. Griffin sentia o cheiro da noite, e podia se orientar tão bem como se fosse um dia de céu limpo.



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Kenneth Griffin

Mensagens : 6
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Kenneth Griffin em Ter 24 Mar 2015 - 19:16

O nome Mark Tennison. Um zé ruela que vive grudado com os três irmãos Jenkins e o Alex Fitch, não se lembra ao certo se tinha família ou alguém no rancho, mas sabe que ele seria o primeiro a testemunhar a extensão de sua piedade...ou melhor a falta dela.

Segue o cheiro dele até o rancho, pelo que sabe os cavalos e porcos fariam um belo estardalhaço se o vissem espreitando por aí. Algo que poderia ser usado a seu favor se quisesse levar Mark para fora, mas o plano inicial é pegá-lo em seu momento de maior conforto.

Abaixa-se no chão apenas para olhar para sua mão e reparar que ela assumiu a mesma textura e pigmentação da areia embaixo de si, olhou para seu corpo e notou que o resto também estava na mesma cor. Não sabia ainda metade do que podia fazer mas isso, com certeza, poderia salvar sua vida.

Arrasta-se no chão ficando mais dificil de ver, aproxima-se o máximo que consegue da casa e procura tentar ouvir alguma coisa do lado de dentro.




Kenneth Griffin - Hominideo - Sol Nascente - Mokole Mbembe
.
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Wild Master em Qua 25 Mar 2015 - 3:46

*Mark Tennison era como um chacal correndo aos calcanhares dos poderosos. Sempre reclamando de alguma "injustiça" ou alguma desculpa esfarrapada para não realizar algo digno de nota, ele era conhecido como um puxa-saco dos filhos do prefeito e um sujeito que, por pior que estivesse, era mais fácil de ser encontrado bêbado em plena luz do dia do que realizando qualquer tipo de trabalho honesto. Seu pequeno rancho era quase uma ruína, mostrando sinais evidentes do desleixo típico do dono, com cercas bamboleantes, casa com telhas faltando e animais magros e sem cuidados.*

*Ao chegar no local, Griffin começa a sentir o desprezo que sente pela criatura emergindo junto com a raiva, e parece ouvir alguma comoção vindo do celeiro estropiado da propriedade do capacho profissional*



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Kenneth Griffin

Mensagens : 6
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Kenneth Griffin em Qui 26 Mar 2015 - 23:10

As memórias só servem para que Griffin não sinta nem um resquício de preocupação em tirar Mark Tenison da sua miséria. Desde que seus pais morreram, o rancho ficou arruinado e abandonado, os animais são magros e fracos, os porcos comem uns aos outros para não morrer, nem mesmo ladrões saqueiam esse lugar pois tudo que tinha de valor foi gasto com bebidas e vadias.

Solta um sibilar agressivo na direção do celeiro, parecia ter alguma agitação no celeiro e provavelmente é lá que encontraria Tenison. O homem cobra segue abaixado a passos vagarosos e silenciosos para perto do celeiro, sentia uma coceira no cerebro, uma palavra começava como um sussurro e na medida que se aproximava começava a ecoar como berros.

"Sangue..."

"Sangue!"

"SANGUE!"


Aproximou-se mais precisamente da parte lateral onde pudesse ficar perto de alguma janela para ouvir o que acontecia pois a luz vinda de lá poderia entrega-lo caso tentasse espiar pela porta da frente.




Kenneth Griffin - Hominideo - Sol Nascente - Mokole Mbembe
.
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Wild Master em Sab 28 Mar 2015 - 1:31

*Ao esgueirar sua cabeça serpentina para a abertura da porta, Griffin pode ver Tennison curvado sobre si próprio. Um fio de baba escorrendo sob sua boca e alguns sons desagradáveis indicam que ele esteve vomitando.*

-Arrrghh... Merda maldita... preciso de um trago para melhorar minha barriga...

*Através de seus movimentos cambaleantes, Griffin percebe que o ser desprezível vai se virar a qualquer momento.*



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Kenneth Griffin

Mensagens : 6
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Kenneth Griffin em Qui 2 Abr 2015 - 16:53

*A fera reptiliana resolve que essa é uma otima hora para se aproximar, aproveitando que o inimigo estava literlamente prostrado no chão como um porco pronto para o abate. Independente dele se virar ou não, usa sua cauda para ergue-lo pelo pescoço.*

- HIiiisssssss...Olá...Tennison. Como tem andando? *Pergunta em um tom que absolutamente contradiz a fúria primal em seus olhos vermelhos, o sorriso sádico em sua face reptiliana era enervante e inumano.*




Kenneth Griffin - Hominideo - Sol Nascente - Mokole Mbembe
.
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Wild Master em Sex 3 Abr 2015 - 0:14

*Os passos de Griffin reverberam no celeiro, e Tennison se vira, surpreso. Seu rosto se transforma numa máscara de horror, e ele só consegue balbuciar coisas sem sentido.*

-De... D-d-d-...

*Mas antes que possa articular uma frase em seu torpor alcóolico, a cauda de Griffin o agarra, e logo o imprestável se vê suspenso pelo pescoço. Sua boca está aberta, mas ele não emite um som, seja pela força de Griffin, seja pelo terror.*

*Ao suspendê-lo, Griffin nota seu cinto caindo, junto com arma e coldre. E algo mais junto. Tennison estava urinando nas calças.*



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Kenneth Griffin

Mensagens : 6
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Kenneth Griffin em Ter 7 Abr 2015 - 19:56

O cheiro do medo de sua presa era intoxicante…é claro que depois começa a ficar bem menos visto que fez seu trabalho um tanto quanto bem demais. E medo combinado com uma bexiga cheia de pinga barata geralmente não acaba bem.

- O que foi Markie? Uma bebedeira depois de uma seção de ESTUPRE MULHERES E MATE CRIANCINHAS!?

*Dá uma bela apertada no pescoço dele, mas não o bastante para matar.

- Mas que cara é essa princesa? Até parece que não me conhece...vamos lá fala o meu nome seu pivete medroso...FALA LOGO!




Kenneth Griffin - Hominideo - Sol Nascente - Mokole Mbembe
.
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Wild Master em Qua 8 Abr 2015 - 0:28

*A expressão nos olhos de Tennison é de puro terror. O próprio Griffin fica espantado com a reação do bêbado, pois ele simplesmente não consegue fazer nada. Mark mal parece escutar Griffin, e começa a chorar baixinho de olhos fechados, era pouco mais que uma criança naquele momento.*



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.
avatar
Wild Master
Iniciantes
Iniciantes

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/03/2015

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Wild Master em Ter 21 Abr 2015 - 1:41

PRELÚDIO ENCERRADO.

O Jogador de Kenneth Griffin preferiu arriscar os perigos do Oeste com outro personagem, portanto a estrada para a perdição de Griffin será traçada longe de nossos olhos.



Wild Master - Narrador e responsável pelos NPCs da Crônica de Velho Oeste.

Conteúdo patrocinado

Re: Prelúdio Kenneth Griffin - Uma estrada de muitos caminhos, e um só fim.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Dom 19 Nov 2017 - 15:30